CABO FRIO VESTE A CAMISA DO FUTEBOL E ENSAIA GOL DE PLACA

Após boa campanha da Cabofriense, cidade vai investir R$ 25 milhões em estádio

Rio - Na Taça Guanabara deste ano, a Cabofriense ficou entre os quatro primeiros colocados. Desbancou grandes clubes, como o Botafogo, perdendo apenas para o Flamengo na semifinal. Teve, sem dúvida, o futebol mais vistoso dos times do interior. Motivo de orgulho para Alair Corrêa, de 71 anos, que em 1985 criou o estádio, batizado com seu nome. Foi lá que o time venceu todas as partidas realizadas neste campeonato. Contra os grandes, teve que jogar no vizinho estádio de Macaé, pois o acanhado Correão ainda não comporta público superior a 4 mil pagantes. Mas isso deve mudar.

Para ampliar o estádio e receber jogos de maior magnitude, o prefeito de Cabo Frio anunciou investimento de R$ 25 milhões no Correão, que terá a capacidade quadruplicada. De acordo com Alair Corrêa, o orçamento gira em torno de R$ 2 mil para cada novo assento e as obras devem começar em julho. “A ideia é entregar o estádio reformado no aniversário de 400 anos da cidade, no fim do ano que vem. Esse investimento é muito importante, porque o futebol é um divulgador da cidade”, conta.

Alair Corrêa, prefeito pela quarta vez, faz embaixadinhas na Praia do Forte: desejo de investir mais na Cabofriense Foto:  Daniel Castelo Branco / Agência O Dia

Alair Corrêa, prefeito pela quarta vez, faz embaixadinhas na Praia do Forte: desejo de investir mais na Cabofriense
Foto: Daniel Castelo Branco / Agência O Dia

O investimento compensa. “Em termos financeiros, para se ter uma ideia, caso quiséssemos fazer propaganda de Cabo Frio na TV aberta, em horário nobre, gastaríamos R$ 700 mil por apenas um minuto de inserção. Quando os jogos da Cabofriense são televisionados, ganhamos 90 minutos de exposição gratuita. E vale lembrar que os jogos também são transmitidos para fora do Brasil”, comenta o prefeito, que quer fortalecer ainda mais o turismo na região. A vontade do prefeito é que o município possa injetar recursos públicos na Cabofriense. Para isso, já enviou um projeto à Câmara dos Vereadores, pedindo autorização para fazer tais investimentos.

Torcedor do tricolor praiano vibra até mesmo sozinho

A paixão pelo clube da Região dos Lagos já rendeu boas histórias ao carpinteiro e pintor de alvenaria Carlos Philipe Freire, de 29 anos. Certa vez, foi o único com as cores verde, vermelho e branco na arquibancada. Mesmo assim, estendeu faixa e bandeira. Nem a ausência de gols no jogo tirou o ânimo do torcedor solitário. A torcida adversária chegou a lhe oferecer refrigerante e salgadinhos.

Fundador e presidente do Movimento Uniformizado Povão (MUP), a torcida organizada da Cabofriense, ele se reúne para festejar com seguidores de outros clubes do interior. Quando o tricolor praiano joga em casa, arquibancada cheia é quase garantia, apoiando o time nos 90 minutos. “O jovem da região vê a Cabofriense como uma porta até mesmo para uma vida sadia, praticando esportes”, comenta Carlos que, fora da cidade, torce pelo Fluminense.

Valdemir Mendes, presidente do clube, tem folha de pagamento de apenas R$ 300 mil Foto:  Daniel Castelo Branco / Agência O Dia

Valdemir Mendes, presidente do clube, tem folha de pagamento de apenas R$ 300 mil
Foto: Daniel Castelo Branco / Agência O Dia

Na cola dos times grandes

Presidente da Cabofriense desde 2007, ano de fundação do clube, Valdemir Mendes acredita que os clubes do interior devem aproveitar as brechas que os grandes dão no campeonato estadual. “O Botafogo focou mais na Libertadores, melhor para nós. Que seja sempre assim.”

O valor atual pago a todo o time é inferior ao que muitos jogadores de clubes grandes recebem por mês. A folha salarial do time da Região dos Lagos está fixada em R$ 300 mil. O salário dos atletas é pago por patrocinadores, que recebem benefícios da prefeitura para divulgar seus produtos na cidade.

Fonte: O Dia

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

31 DE MARÇO

Lembro-me desse dia quando me encontrava dentro da Câmara, que foi nossa última trincheira na defesa da democracia na luta contra os golpistas. Hoje só falam em militares, mas a direita em Cabo Frio era atuante e os filhos dela eram piores do que os próprios militares, embora tempos depois ocupassem os partidos de esquerda porque sentiram que o regime militar não duraria muito tempo. De dentro da Câmara eu os via na Av. Assunção movimentando-se e torcendo contra os sindicalistas esperando que os militares tomassem o poder; já nós, filhos dos socialistas, comunistas ou sindicalistas sempre acreditamos na vitória do povo e ouvindo as notícias pela rádio Mauá, naquele momento, a única emissora que falava a verdade para os trabalhadores.

A rádio anunciava a vinda do Terceiro exército do Rio Grande do Sul para o Rio de Janeiro para defender com os tanques a manutenção do presidente João Goulart.

Hoje, nós que participamos daquele histórico momento, com risco de nossas vidas, ficamos perplexos com os historiadores de plantão, aqueles que nunca fizeram nada pela liberdade, postar artigo em seu blog tentando mostrar uma postura democrática que não têm. Por exemplo, um deles ao escrever hoje um artigo sobre aquele acontecimento histórico o fez como se dentro dele mesmo não tivesse o ranço da hipocrisia e do autoritarismo por atos nada nobres cometidos contra o povo, o direito e a lei. Como pode alguém tentar se passar por democrata se na verdade cometeu crime contra a democracia, sim porque democrata antes de qualquer coisa cumpre a constituição vigente e ela preconiza que os recursos do povo não podem ser usados em beneficio próprio.

Qual a diferença de um professor fantasma que usurpa seus colegas, recebendo salário sem cumprir suas tarefas, para um militar que tortura alguém? Torturar um trabalhador para dele tirar as informações, dói menos do que tirar o alimento de uma criança? Perguntemos então ficar em casa durante um ano inteiro recebendo salário sem trabalhar não é o mesmo que tirar o direito do saber de uma criança ? Isto também não é torturar uma mãe ou um pai por ver o filho sem aprender? Ao tentar com o seu blog fazer o leitor acreditar que nosso governo é opressor principalmente porque pôs um fim no recebimento ilegal do seu salário por não ter trabalhado; pode esse cidadão ter autoridade ou moral para criticar alguém que, como governante, o puniu com a Lei que finge defender?

Dos que hoje fazem política e fizeram parte daquele momento histórico e que são poucos, eu fiz parte com minha família.

Alair Corrêa
Prefeito

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

AS CONQUISTAS DE CABO FRIO

Na quarta-feira, NOSSA CIDADE teve o que pregamos e buscamos quando passamos a investir com o nosso trabalho no FUTEBOL. Não vencemos o FLAMENGO NO MARACANÃ, mas vencemos na DIVULGAÇÃO DE CABO FRIO, pois durante a semana o Brasil inteiro assistiu a chamada das TVs para o jogo: “NESTA QUARTA FEIRA O JOGO DA CABOFRIENSE, A SURPRESA X FLAMENGO, A TRADIÇÃO”. Todos viram o nome da cidade nas camisas dos jogadores dentro de um estádio iluminado nas cores do time de Cabo Frio. 

Já pela TV, durante a transmissão, o Brasil inteiro assistiu quando o principal LOCUTOR ESPORTIVO da Rede Globo, Luiz Roberto, por mais de uma vez dizer o seguinte “É INDISCUTÍVEL QUE CABO FRIO Ê UMA DAS CIDADES MAIS BONITAS DO MUNDO”. 

Hoje vi nas palavras da minha empregada o reflexo de tão importante afirmação feita por alguém pela TV em Rede Nacional, quando ela me disse:

– SEU ALAIR, MEU IRMÃO ME LIGOU DE SÃO PAULO ME DIZENDO ‘ASSISTI O JOGO DA CABOFRIENSE! SE PREPARA QUE VOU AÍ CONHECER ESSA CIDADE. O CARA DA TV FALOU QUE CABO FRIO É UMA DAS CIDADES MAIS BONITAS DO MUNDO’.

Bom, como tem uns adversários bobos nos criticando por investirmos no futebol, achando que investir é apenas colocar dinheiro publico, para eles, a resposta está aí: A CONQUISTA DESSA GRANDE VITÓRIA – que eles em 8 anos tiveram essa e algumas outras oportunidades para conquistar e jamais conseguiram coisa alguma. E o pior jogaram nos bolsos e nos ralos milhões de dólares do nosso sofrido povo.

Além da grande mídia que conseguimos, agora teremos ainda a mídia futura, já que ao ter conquistado uma das quatro vagas para a final conseguimos também uma vaga na SÉRIE D DO CAMPEONATO BRASILEIRO desse ano e uma vaga na COPA DO BRASIL DO ANO QUE VEM CONTRA OS GRANDES DO PAÍS. 

QUANDO, POR CAUSA DE ALGUNS OPOSITORES E DE PESSOAS QUE PENSAM PEQUENO, VOCÊ NÃO INVESTE NOS SEUS SONHOS OU PROJETOS COM DINHEIRO E VERBAS PÚBLICAS, INVISTA ENTÃO COM TRABALHO, COM AMOR E COM INTELIGÊNCIA. FAZENDO ISTO, VOCÊ CONSEGUE VITÓRIAS E AINDA MOSTRA A TOTAL INCOMPETENCIA DOS ADVERSÁRIOS. FOI ISSO QUE FIZ E VENCEMOS!!!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

CABOFRIENSE NA FINAL DO CAMPEONATO CARIOCA

Com certa dificuldade acabamos agora de conquistar uma das quatro vagas para a final do campeonato carioca. Nosso Clube ADC já disputou uma final da taça Guanabara há alguns anos atrás, mas o carioca é a primeira vez que conseguimos disputar.

Estou muito feliz porque em apenas um ano a frente do município conseguimos ser o campeões da série B e já estamos por disputar quarta feira o cariocão no Maracanã. Convoco a todos os cabofrienses para virem ao Maracanã na quarta feira ou marcar uma reunião em suas casas com seus familiares e amigos para assistirem juntos pela TV Globo à partida. Cabo Frio será divulgado para o Brasil e para mais de 40 países por 90 minutos.

Foi isto que sempre preguei e trabalhei para termos uma cidade mais divulgada e, o futebol é, sem dúvida alguma, o caminho mais rápido e menos caro. Lamento apenas nesse momento que o ex-prefeito MM por falta de amor ao esporte e falta de visão administrativa para enxergar que o futebol é um grande divulgador de uma cidade, não tenha trabalhado para o time não cair para a segunda divisão, o que ,infelizmente, por incompetência e maldade caiu.

Alair Corrêa
Prefeito

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

CARNAVAL INESQUECÍVEL

Chegamos ao final do verão, estação que nos permite melhorar nossas finanças pelo crescimento da população. Afinal, recebemos uma grande número de turistas buscando nossas praias, nosso clima e nossas grandes festas como o RÉVEILLON e o CARNAVAL.

Nesses dois eventos, a estatística nos mostra que, aproximadamente 1.000.000.00 (HUM MILHÃO DE PESSOAS) entre moradores e visitantes, passam a ser a população de Cabo Frio. Diante dos comentários nas redes sociais, como o Facebook dos que, com a crítica querem ajudar e dos que desejam prejudicar, ou seja, os que torcem para que tudo dê errado na cidade pois querem o ganho político mesmo tendo que torcer pelo pior; Diante desse quadro de dúvidas provocadas, uma administração moderna, ainda que entenda estar diante de um disparate, age buscando estatisticamente a realidade, dessa forma, encomendamos uma pesquisa para, sem paixão, responder aos críticos com números sobre a realidade do Carnaval 2014. Dessa forma, sabendo a verdadeira opinião popular sobre carnaval, conhecendo os anseios da maioria, um governo tem embasamentos para promover a reformulação ou até, se necessário,suspendê-lo.

Como esperava, uma vez que não sou um governante ausente, andei no meio do povo durante os dez dias, atrás dos Trios, nos blocos, nos shows, nos bailes e no desfile de escola de samba e, o que presenciei foi um carnaval de centenas de milhares de pessoas, alegres, sem brigas e brincando. Por isso, ao receber a pesquisa feita nas ruas junto ao povo e sem surpresa alguma para mim, os números mostram uma APROVAÇÃO GERAL DO CARNAVAL DE CABO FRIO, o que joga por terra o sonho dos contra e sepulta o desejo dos adversários na tentativa de desmoralizar a fantástica festa de Carnaval que, orgulhosamente realizamos para o nosso povo e nossos visitantes.

VEJAM OS NÚMEROS DA PESQUISA:

  • APROVAM O CARNAVAL 69 % da população.
  • ACHARAM MELHOR O CARNAVAL DESSE ANO 49 %
  • ACHARAM MELHORES AS ATRAÇÕES DESSE ANO 51 %.
  • OS QUE ACREDITAM QUE A CIDADE CHEIA NO CARNAVAL É IMPORTANTE PARA O TURISMO SÃO 75 %
  • FINALMENTE OS QUE RECOMENDARIAM NOSSO CARNAVAL PARA UM AMIGO FORAM. 62 %.
  • OS CATÓLICOS APROVARAM O CARNAVAL COM 67. %
  • OS EVANGÉLICOS APROVARAM O CARNAVAL COM. 57. %
  • OS CATÓLICOS AFIRMAM QUE O CARNAVAL É IMPORTANTE PARA A ECONOMIA DA CIDADE COM 80 % DOS ENTREVISTADOS
  • JÁ O PARA OS EVANGÉLICOS O CARNAVAL É IMPORTANTE PARA 70. % DOS ENTREVISTADOS
  • FINALMENTE O CARNAVAL FOI APROVADO POR 69. % DOS JOVENS DE CABO FRIO.

Contra números reais, que mostram a vontade da maioria, não deve prosperar desejos minoritários. Pretendemos portanto, desconsiderar todas as mensagens sem critérios enviadas pelos adversários e seus fakes , porém vamos analisar as críticas das pessoas sérias, preocupadas com nossa cidade. É verdade que, alguns tenham sido influenciados pelas postagem dos adversários, ainda assim vamos analisar cada crítica comparando-as ao que a pesquisa nos mostrou e apresentar as mudanças para o carnaval de 2015, ano do nosso quarto centenário!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

CABOFRIENSE, PEQUENO QUE PENSA GRANDE NO CARIOCA

  • Time recebe ajuda da Prefeitura de Cabo Frio, e vai bem
  • Contra Botafogo, Vasco e Flu, duas vitórias e um empate
  • Sucesso em campo ajuda a divulgar a cidade, diz prefeito
Prefeito de Cabo Frio, Alair Correa falas aos jogadores da Cabofriense no vestiário do time

Prefeito de Cabo Frio, Alair Correa falas aos jogadores da Cabofriense no vestiário do time

RIO — Empatar com o Fluminense foi considerado um tropeço na Cabofriense. Sem medo de inverter os papéis, o time da Região dos Lagos pensa grande. Vencer os quatro maiores do Rio era a meta. Após ter superado Vasco e Botafogo, e “tropeçado” diante do tricolor, o objetivo passou a ser derrotar o Flamengo, na última rodada (23 de março), para conquistar com chave de ouro a vaga na semifinal. Planos nada modestos para um clube com folha salarial de R$ 300 mil e que pretende ir além dos limites da sua cidade.

— Ganhar pontos dos grandes encurta o nosso caminho para a vaga. Em nove pontos, conseguimos sete, e isso é fantástico. Contra o Flamengo, queremos entrar para ganhar. Temos crédito — disse Valdemir Mendes, presidente da Cabofriense e secretário de Fazenda de Cabo Frio.

TABELA: Jogos, resultados e classificação do Carioca 2013

Antes de se tornar estadual de fato, e ser um time não apenas de Cabo Frio, mas de toda a Região dos Lagos, a Cabofriense vive do incentivo municipal. Ainda que a prefeitura garanta que não invista dinheiro diretamente, o prefeito Alair Corrêa trabalha pela imagem do time e da cidade, seja na ajuda para obtenção de patrocínios (quatro, ao todo) para o time ou no apoio moral durante as palestras que costuma fazer no vestiário dos jogadores após as partidas.

— Vou sempre ao vestiário falar com os jogadores. Falo sobre futebol e também sobre a história do clube. Mas aproveito para pedir mais uma vitória — disse Alair, um dos fundadores do clube, do qual é presidente de honra, e de quem o estádio Correão herdou o nome.

Propaganda, alma do negócio

Para o prefeito, vencer não significa apenas mais três pontos na tabela: a campanha publicitária de Cabo Frio começa em campo.

— Vejo na Cabofriense a maior oportunidade de divulgar não só o time, mas a cidade de Cabo Frio. É uma visibilidade permanente, de alcance até internacional devido à transmissão de TV. Se fôssemos pagar por essa divulgação, não teríamos como — explicou Alair.

Enquanto o time subia na tabela, Cabo Frio ganhava espaço como um dos destinos mais visitados no verão. A secretaria de Turismo previu que 10 mil turistas passariam em fevereiro pela cidade, que tem 190 mil habitantes. Mas com o Estádio Correão vetado pelo Corpo de Bombeiros para jogos com times grandes, não houve chance de ver a Cabofriense em casa.

— Queremos reformar o Correão e aumentar a sua capacidade para 18 mil pessoas. Estamos próximos do Rio e temos um aeroporto internacional e belezas naturais abundantes. Queremos jogar com os grandes em nosso estádio e estamos trabalhando para isto, porque será ótimo para a cidade e para o time — declarou Mendes.

Jogar fora de Cabo Frio tem sido até melhor para a Cabofriense, e os resultados obtidos só aumentam a expectativa de o time chegar à semifinal. Pela primeira vez em sua história, a equipe venceu o Vasco em São Januário, por 2 a 1, de virada. Também derrotou, pelo mesmo placar, o time reserva do Botafogo, em Macaé, que foi palco do empate com o Fluminense. Este, quando o time vencia até os 47 minutos do segundo tempo. Aí, Fred salvou o tricolor.

— Esse empate deixou um gosto amargo, porque jogamos bem e levamos o gol no fim. Mas tudo bem, porque era o Fluminense — disse Mendes.

Não há mistério para o sucesso da Cabofriense. O time é modesto, mas experiente. Tem jogadores como o lateral-esquerdo Leandro, de 34 anos, ex-Palmeiras e Fluminense. E o atacante Fabrício Carvalho, de 36 anos, que tem feito os gols decisivos. O zagueiro Arthur Sanches passou pelo Flamengo, enquanto o atacante Bruno Veiga foi emprestado pelo Fluminense.

O técnico, que começa a chamar atenção, é o mineiro Alexandre Barroso. Apesar de pouco conhecido, é experiente, tem 51 anos, e já treinou times de menor expressão em Minas Gerais e o Al-Hilal, da Arábia Saudita.

“As metas estão sendo alcançadas aos poucos. Próximo passo é colocar a Cabofriense na semifinal do Carioca”, escreveu Barroso em seu twitter.

Fonte: O Globo

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

EMOCIONANTE!

Nesse  exato  momento passou o bloco  OH SORTE! Quanta gente e quanta alegria, pude senti quanto tempo nosso povo perdeu nos 8 anos do outro governo e como perdemos no turismo. Mas Cabo Frio com o nosso governo deu a volta por cima, esqueceu o passado frio e morto e recomeça com chave de ouro. Estou feliz já que está sendo EMOCIONANTE!

Alair Corrêa – Prefeito

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS