MOACYR CABRAL, A FALÁCIA DA VEZ.

O texto, do sr. Moacyr, na verdade, demonstra bem o momento de desespero e muito medo do próprio: a certeza do término de anos de um jornalismo comprado e irresponsável bancado pelo poder público. COMPRADO porque, foi assim que este cidadão, dono de um jornal diário de uma cidade do interior, conseguiu manter a sua “BOQUINHA” por todos esses anos; e IRRESPONSÁVEL porque, para mantê-lo, o sr. Moacyr por diversas vezes publicou em seu “JORNALECO” mentiras e boatos levando a população a desinformação dos verdadeiros fatos, enfim, induzindo o povo a viver com as inverdades somente para agradar àquele que o banca, o PREFEITO.

O Moacyr, por diversas vezes, maqueou um Governo “PERSEGUIDOR, IRRESPONSÁVEL em todos os sentidos, que ENRIQUECEU uma meia dúzia enquanto a cidade empobrecia e falia.  Por anos, vimos profissionais travestidos de Jornalistas, praticando um jornalismo irresponsável somente para agradar o chefe-mor, o PREFEITO, e sua turma. Sabemos que apesar dos pesares, nenhum desses antiprofissionais se igualou ao proprietário da FOLHA DOS LAGOS, o Sr. Moacyr Cabral. O jornalismo mais caro do Estado!!

Voltando ao texto, não posso deixar de mencionar que algumas vezes até achei cômico. O Moacyr falar em “Debate com Responsabilidade” enquanto em todos esses anos ele só foi irresponsável e inconsequente. Sempre para alcançar alguns dos seus objetivos esse sr. passou por cima de tudo e de todos. Quanta HIPOCRISIA!

Quando o proprietário do Jornal do Governo em seu texto coloca o Alair Corrêa como o “perseguidor, vingativo e rancoroso”, só comprova tudo que aqui escrevi (do Moacyr) do seu profissionalismo, isto é, do não profissionalismo. Pergunto então para o sr.:

Quem, no passado, logo que assumiu desempregou pessoas que trabalharam para elegê-lo só porque eram simpáticas ao homem Alair Corrêa? Quem, que por pura inveja e vingança não deu continuidade aos Projetos que faziam parte do “GOVERNO DE 20 ANOS”? Só por ser de autoria do Alair Corrêa? Quem traiu aquele que tanto trabalhou e, pela 1a. vez na história fez o seu sucessor, no caso, o Sr. Marquinho Mendes? Quem não fez manutenção nas obras feitas no Gov. Alair Corrêa somente pelo prazer de vê-las se acabando? Quem, como um verdadeiro ditador, obrigou os funcionários públicos acomparecer aos comícios do candidato 12? O seu candidato, sr Moacyr.

Poderia ficar aqui enumerando divesas situações que comprovam que todas essas denominações que o sr. delira em dar para o meu pai, o homem Alair Corrêa, na verdade se enquadram naquele que paga o seu tão alto salário e que ajuda a colocar as bebidas em sua mesa, o seu PATRÃO.

Ao ler o DESESPERADO texto do sr. Moacyr, deixando de lado o meu sentimento de filha, vendo o meu pai que tanto me orgulha como homem e administrador, ser achincalhado com denominações que sei que não condizem com sua conduta, afirmo que o “PONTO G” do texto, pra lá de maldoso, foi de tentar jogar todas as ações erradas costumeiras do seu grupo, praticadas pelo seu candidato 12, para o grupo do Alair Corrêa. É de dar náuzeas! A nossa camapanha foi organizada, simpática, leve, e com uma alegria jamais vista na política de Cabo Frio. A turma do PULA PULA vai ficar na história.

Sr. Moacyr, “BOCA DE URNA, SANTINHOS DURANTE A NOITE, CABOS ELEITORAIS NA MADRUGADA, MALAS DE DINHEIRO, e o Sr. esqueceu o ponto forte da sujeirada…FOLHETOS COM OS MAIS ABSURDOS BOATOS CONTRA O CANDIDATO ALAIR CORRÊA JOGADOS NA MADRUGADA, foram sim, atos do grupo que te banca e que está acostumado a práticas da CORRUPÇÃO ELEITORAL.  Tudo autorizado pelo seu candidato,aquele que te garantiu a continuidade do seu DINDIN fácil.

Chego a uma simples conclusão:

Ao escrever o texto, o sr. além de desesperado deveria estar naquele momento costumeiro do “BAR”. É uma pena ver profissionais de qualidade tendo que trabalhar em um Jornal administrado por uma pessoa desqualificada e irresponsável como o sr. Moacyr Cabral. Um homem, que tem um preço e não respeita a verdade para alcançá-lo, não é digno de respeito.

Só para lembrá-lo, Moacyr: a eleição acabou! Alair Corrêa, é o PREFEITO!!

E para aumentar um pouco mais o seu desespero…sua MAMATA está por acabar!!

ANDRÉA CORRÊA
Filha do PREFEITO Alair Corrêa

RESPOSTA AO EDITORIAL DO SR. MOACIR CABRAL

POR PROFª. LÚCIA CORADO 

O senhor está equivocado. A sociedade cabo-friense não está deprimida, esteve no período em que a cidade foi (des) governada por seu patrão , hoje está ansiosa. Ansiosos sim, estamos todos para que a JUSTIÇA seja feita à esmagadora maioria do nosso povo que ELEGEU o Sr. Alair Corrêa PREFEITO de nossa cidade. Ansiosa para que se restabeleça a dignidade, o zelo no trato do dinheiro público. Os funcionários da Prefeitura estão ansiosos por um governo que os trate com respeito e consideração. Os comerciantes, empresários querem o reaquecimento de nossa economia para, enfim, saírem da situação de penúria, de falência que este grupo do qual o senhor faz parte os colocou. Deprimidos devem estar o senhor e todos os outros que deixarão de receber dinheiro fácil.

Senhor Moacir, o senhor continua equivocado quando imputa ao Sr Alair Corrêa práticas eleitorais que, sabidamente, são frequentes no seu meio político. Não foram “santinhos” de Alair os encontrados, aos montes, nos pátios das escolas, eram do SEU candidato, naturalmente, derramados por seus cabos eleitorais, estes sim, de última hora, durante a madrugada, como também não foram pessoas ligadas a Alair, e o senhor sabe disso,que alçaram voos (sem acento circunflexo, muito embora ainda coexistam as duas formas, é aconselhável a nova ortografia) cegos na madrugada que “correram de malas cheias para a reversão de resultados”, até porque, desde o início da campanha, já era clara, para sua tristeza e desespero, a preferência do povo pelo candidato eleito, haja vista o percentual de votos obtido por ele. O eleitorado, realmente, fez valer o “JUNTOS POR CABO FRIO”!

Ah! Um lembrete: A ELEIÇÃO ACABOU!!!!!  QUER O SENHOR QUEIRA OU NÃO… ALAIR CORRÊA É O PREFEITO DE CABO FRIO!!!!!

PLANO M. M. M.

Estamos chegando ao final do ano e a 2 meses de vermos encerrado o governo M. M. que, sem qualquer dúvida, transformou-se no maior desastre administrativo de uma cidade. Ele teve 8 anos, 4 bilhões (R$ 4.000.000.000,00) e uma cidade já organizada para administrar e fez uma lambança total!

· Não tomou conta.

· Não investiu.

· Não construiu.

Como consequência, a cidade faliu! É voz corrente nas ruas: “Está acabando, Graças a Deus!”

Marquinho é um homem que, por suas atitudes, precisa ser cientificamente estudado. Dono de um caráter e postura estranhos: chora sem motivo e sorri por nada, sem qualquer senso de responsabilidade, provocou a falência social, econômica e moral ao ter participado com os seus do maléfico plano para jogar fora tanto dinheiro. Uniu-se aos mais repugnantes planos ocorridos com o dinheiro público no país. Podemos afirmar sem qualquer duvida ou erro que outros planos executados em outras instituições e tão explorado pela mídia são café pequeno comparado ao malfadado plano executado por esse pessoal da prefeitura da nossa cidade.Por isto caminha esse governo para um melancólico final que o faz ser tão rejeitado pelo nosso povo.

Até amanhã!
Alair Corrêa

COMPLETAMOS 900 MIL ACESSOS!!!

Acabamos de chegar à marca de 900 mil acessos
ao nosso blog “Alair Corrêa”.

Ficamos muito contentes porque somos sabedores de que esse meio de comunicação foi preponderante para a vitória que conseguimos na eleição do dia 07. Foi através do blog, já que 95% das mídias foram compradas pelo prefeito MM, que pudemos desvendar os obscuros atos praticados pela administração atual e mostrar as mazelas sofridas por nossa gente. Havia comércios fechando as portas e desempregando nossas famílias. Ao esclarecermos nosso povo sobre a enorme arrecadação da prefeitura (4 bilhões) e comprovarmos que essa fortuna não era revertida em benefícios para a nossa gente, como geração de empregos, saúde de qualidade, turismo forte…

Foi o blog do Alair Corrêa, junto com os blogs criados em Tamoios, o do Cartão Vermelho e História, Música e Sociedade que tornaram público o desaparecimento desse dinheiro e questionaram a utilização dessa grande arrecadação. Sentíamos náuseas ao assistirmos aos canais a cabo de Cabo Frio, ao lermos os jornais que escondiam os absurdos praticados pelo governo e até o exaltavam de forma tão descarada. Exemplo vivo dessa vil dependência é o caso da Folha dos Lagos, que chega a ser vergonhosa, suas publicações a respeito de um governo que faliu a cidade.

São 900 mil acessos e posso dizer que o Blog cumpriu seu papel fiscalizador.

A partir da minha posse, ele passará a cumprir outra função: a de divulgador para a nossa população. O que for encontrado pelos auditores, quando começarmos as verificações: pagamentos, processos, decretos, obras, superfaturamentos, contratos, e etc. Quando divulgarmos os nomes dos beneficiados pelo dinheiro do nosso povo e que foi desviado por esses caras que cometeram para com a nossa cidade o crime de quase levá-la a falência. Na verdade, com tanto dinheiro, Cabo Frio e seu povo deveriam ter progredido muito e não estar dessa formatriste, deprimente e falida.

Agradeço a todas essas pessoas que leram e entenderam meus artigos e que me elegeram prefeito.

Para toda a população quero dizer que:

1. Vamos construir uma nova cidade aqui e em Tamoios;

2. Seremos zelosos e eu tomarei conta da cidade e da aplicação do dinheiro;

3. Trabalharemos sem parar e, dos culpados descobertos pela auditoria que faremos, tomaremos as medidas cabíveis lutando para recuperar todo o dinheiro que possa ter sido desviado além de punir os envolvidos.

Até amanhã!
Alair Corrêa 

DEU NO G1: TSE libera candidatura de Bomtempo para o segundo turno em Petrópolis

G1

Com a decisão, Paulo Mustrangi sai da disputa contra Bernardo Rossi.
Corte entendeu que contas rejeitadas por TCE não podem barrar candidato.

Segundo mais votado no primeiro turno, Bomtempo, que já governou a cidade durante oito anos, havia sido barrado pela Lei da Ficha Limpa por ter tido suas contas como prefeito rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) em 2004.

Em seu lugar, havia sido classificado para o segundo turno, o atual prefeito da cidade serrana, Paulo Mustrangi (PT), que agora sai da disputa. Ele havia ficado na terceira colocação da disputa municipal.

Bomtempo havia sido barrado pelo Tribunal Regional Eleitoral do RJ, com base em decisão do TCE-RJ que desaprovou suas contas por ele ter deixado de recolher R$ 1,5 milhão ao INSS à época em que comandou o Paço Municipal (2001-2008). No entanto, a Câmara de Vereadores do município da região serrana aprovou todas as contas de Bomtempo.

A relatora do recurso no TSE, ministra Luciana Lóssio, votou pelo deferimento da candidatura de Bomtempo. A magistrada argumentou que há jurisprudência na corte eleitoral que entende que o órgão responsável pela análise das contas dos executivos municipais é a Câmara Municipal, e não o TCE.

Cinco dos sete magistrados da corte eleitoral acompanharam a relatora. Apenas o ministro Antonio Dias Toffoli se manifestou contrário à liberação do candidato. Com a decisão, Bomtempo poderá participar da última etapa da eleição, no dia 28 de outubro.

Ficha Limpa 
O pedido de impugnação da candidatura de Rubens Bomtempo (PSB) havia sido ajuizado pela coligação do candidato Bernardo Rossi (PMDB), que ficou em primeiro lugar na eleição de 7 de outubro. Rossi solicitou que a Justiça Eleitoral impedisse que seu adversário concorresse no segundo turno, com base na Lei da Ficha Limpa.

No último sábado (13), a desembargadora Letícia Sardas, vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio, acatou o pedido de liminar de Rossi, suspendendo a determinação do juiz da primeira instância, que havia garantido a presença do candidato do PSB no segundo turno.

Se a decisão do TRE-RJ tivesse sido mantida pelo TSE, quem disputaria a etapa final da eleição contra Rossi seria o atual prefeito da cidade serrana, Paulo Mustrangi (PT), que havia ficado na terceira colocação da disputa municipal.

Fonte: G1

A PREFEITURA É NOSSA!

Alair Corrêa - A Prefeitura é Nossa!Meus amigos, desejo informar a vocês que não se preocupem com o fato de meus votos não aparecerem no site do TSE, já que isto é uma norma do próprio Tribunal Superior de zerar os votos do candidato eleito quando o mesmo tem uma pendência em seu processo de registro, como no meu caso em que o TRE-Rio extrapolou ao exigir uma certidão (já estava no processo) negando o meu registro. como recorremos ao TSE e já apresentamos novamente a dita certidão, teremos o nosso registro consagrado e o fim desse pequeno problema que a mídia sensacionalista insiste em divulgar com a intenção de inquietar nossos eleitores e o povo. Para que se tranquilizem, quero apresentar três fatos importantes para a decisão ser 100% nossa.

Primeiro: a decisão contrária ao registro foi apenas por falta de uma certidão que já foi juntada por nossos advogados; Segundo: o TSE, em recente apreciação em situação parecida de outra cidade, decidiu unanimemente que o TRE-RJ não poderia exigir tal certidão, com isso, o caso virou jurisprudência e, como lá o julgamento é técnico, nosso direito será confirmado. Terceiro: a nosso favor temos ainda nossa votação que ultrapassou os 50%, aproximadamente 60.000 votos, enquanto o segundo colocado teve apenas 40.000 votos. deixo bem claro para todos os meus amigos eleitores que sofrem com a deturpada e maldosa informação e aos meus adversários que sonham com essa absurda vontade de que não assumamos a prefeitura, que essa possibilidade é Z E R O   x   Z E R O.

Volto a repetir: o TSE já firmou posição contra o TRE-RJ de exigir certidão por 5 votos a zero. Portanto, nâo podendo mais votar o meu caso de forma diferente. A prefeitura é nossa, com a graça de Deus! Eles apenas nos dão a oportunidade de fazer outra comemoração no dia da votação no TSE.

Em tempo: nesta quarta-feira haverá culto em ação de graça no riala, às 9h e 30 min! você está convidado!

Até Amanhã!

Alair Corrêa