CABO FRIO COMEÇA A MUDAR

POR J. Viggiani

Pelas ações tomadas pelo novo prefeito nestes poucos dias de governo e divulgadas na mídia, vemos que Cabo Frio terá um crescimento rápido, pois o que tomamos conhecimento são projetos que demonstram uma maior eficiência e seriedade com o gasto público. Isso além de proporcionar um crescimento econômico, trará também, mais empregos e uma menor desigualdade entre a população, sem falar no crescimento e diversificação do turismo.

Não podemos esquecer que nosso município vem de uma gestão pública onde se gastou muito e mal os recursos públicos. Nestes poucos dias de governo o prefeito já deu mostras que sua gestão será pautada pela racionalização e controle do gasto público, sem perder o foco no progresso social permitindo que a população atinja um nível mais elevado de renda.

Ademais, o novo prefeito tem como marca de suas gestões passadas a de: “o prefeito que mudou Cabo Frio”.  É importante salientar que seu sucesso como gestor público, se deve ao planejamento e zelo com o dinheiro público, o que possibilitou melhora em políticas sociais como educação, assistência social e de saúde, desenvolvimento do município e no turismo.

O que temos de volta é um prefeito com capacidade de antevisão, agilidade e flexibilidade para adaptar-se aos desafios que se apresentam diariamente. Porém ao ser escolhido pela maioria dos cabo-frienses para governar Cabo Frio sabia que além de zelar pela correta aplicação e o eficiente gerenciamento dos recursos públicos, teria que ser imperioso ordenar a cidade no tocante ao recolhimento de lixo, ordenamento do transito e outras mazelas deixadas pelo governo passado, além de trazer de volta o entretenimento para os visitantes e moradores da cidade. Por tanto, novamente teremos Cabo Frio sofrendo mudanças para torna-la a cidade mais importante da região ou até do interior do estado.

CABO FRIO GANHA COMUNIDADE TERAPÊUTICA PARA TRATAMENTO DE DEPENDENTES QUÍMICOS

Oferecer um ambiente seguro e acolhedor que facilite a socialização e a busca de equilíbrio no tratamento de dependentes químicos. Esse é o objetivo da Comunidade Terapêutica que a Prefeitura de Cabo Frio, através da secretaria Municipal de Prevenção ao Uso de Drogas, vai criar no bairro Alecrim. Será a primeira Comunidade Terapêutica pública do país a funcionar com recursos próprios, já que este tipo de tratamento só é oferecido hoje à população através da rede particular de saúde.

– Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU) cerca de 5% da população mundial – 200 milhões de pessoas – entre 15 e 64 anos de idade, consomem algum tipo de droga ilícita ao menos uma vez no ano. O Brasil está entre os países onde este problema ocorre com maior intensidade, daí a importância da sua prevenção e o enfrentamento com a adoção de políticas públicas e ações articuladas que minimizem as conseqüências do tema em questão, bem como a conscientização da população, diz a secretaria Cris Mansur.

Comunidade Terapêutica é um modelo residencial de tratamento da dependência química, que utiliza como método, a experiência de vida e a convivência em uma cultura saudável organizada como uma micro-sociedade. Ao todo serão disponibilizados 75 leitos, sendo 50 para homens e 25 para mulheres. Sua estrutura (organização social), seus moradores (funcionários, residentes e profissionais da área de saúde) e sua rotina de atividades diárias (recreação, palestras, reuniões, trabalhos) serão preparados para facilitar o tratamento, a aprendizagem e a recuperação do interno.

– Nosso objetivo é minimizar os danos provocados por este grande mal da sociedade e os problemas que se agravam a cada dia, interferindo no desenvolvimento dos indivíduos, principalmente na vida de jovens e adolescentes, alerta.

A Comunidade Terapêutica do Alecrim terá clínico geral, neurologista, atendimento odontológico, psicólogo, psiquiatra, enfermeiros, monitores, biblioteca, espaço para terapias em grupo, academia de ginástica, lavanderia, campo de futebol, quadra de vôlei, hidroginástica, salão de jogos e cursos profissionalizantes nas áreas de hotelaria, culinária, artesanato, eletricista, entre outros. Todos os dormitórios têm banheiro para os internos. Além disso, um dos alojamentos será adaptado com 6 leitos para receber portadores de necessidades especiais.

Na Comunidade Terapêutica, além de receber todo o atendimento necessário para sua recuperação, o interno precisa trabalhar. Eles formam a mão-de-obra para o cultivo de hortaliças, criação de animais e fabricação de pães e bolos numa mini-padaria. Todos os alimentos são para consumo próprio. A transformação biopsicossocial e espiritual envolve o aprendizado de novos valores, comportamentos, capacidades e responsabilidades, gerando os instrumentos necessários para a reinserção social. Segundo especialistas, o trabalho realizado incentivar o usuário a retomar suas relações familiares e atividades profissionais.

– O objetivo é tratar o transtorno do indivíduo, mas também proporcionar uma transformação no estilo de vida e na construção de uma identidade cidadã, conclui Cris Mansur.

Fonte: cabofrio.rj.gov.br

EQUIPE DA SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE FAZ OPERAÇÃO NO PARQUE MUNICIPAL DO MICO LEÃO DOURADO

Aconteceu nesta quinta-feira (29/01), pela manhã, uma operação da Secretaria de Meio Ambiente com apoio da Polícia Militar, Guarda Municipal, Postura, SECAF e secretaria de Agricultura de Cabo Frio, com o intuito de retirar as cercas e resíduos de construção civil jogados de forma ilegal dentro do Parque Municipal do Mico Leão Dourado, que fica no bairro Centro Hípico em Tamoios.
 
Esta operação deu-se após serem encontrados diversos focos de lixo depositados ao longo dos anos no local e uma grande área desmatada, cercada e sinalizada como área particular. Os troncos utilizados para cercar a área eram provenientes dos cortes das árvores do Parque, e foram devidamente apreendidos.
 
Foi retirada boa parte do lixo encontrado no interior da Unidade de Conservação, como cercas e placas que sinalizavam o local como área particular com IPTU.
 
Segundo a secretária de Meio Ambiente, Vanessa Lima, estas operações em Tamoios serão mais intensificadas, atendendo a uma solicitação do prefeito Alair Corrêa.
 
Texto: Anderson Lopes

DISTRITO DE TAMOIOS AUMENTA OFERTAS DE CONSUTAS COM MÉDICOS ESPECIALISTAS

Segundo Rosane Tito, melhoria da qualidade dos serviços prestados para a saúde do morador de Tamoios pode ser verificada nas unidades de saúde
 
Janeiro foi um mês de muito trabalho para as equipes de saúde de Tamoios. Segundo a superintendente de Saúde do Distrito, Rosane Tito, a principal preocupação foi a de melhorar o atendimento à população.
Com a responsabilidade de coordenar 11 unidades médicas no Distrito, a superintendente teve duas missões imediatas: acabar com as filas que varavam a madrugada nos postos de saúde no distrito; e a vinda de médicos especialistas para suprir algumas necessidades urgentes da rede pública.
“Houve um aumento no efetivo médico, com a vinda de especialistas em pneumologia, mastologia, alergia e neuropediatria. Isso foi de extrema importância  para a melhoria da qualidade dos serviços prestados na rede publica de saúde no Distrito”, explicou Rosane, que disse que a rede tem à disposição também seis cardiologistas, dentistas e ortopedistas.
 
A marcação de consulta para os idosos é feita em um horário especifico, com um atendimento diferenciado de segunda a sexta-feira a partir das 16h, sendo que o atendimento normal para marcações de consultas é feito sempre a partir das 6h. A exceção é a marcação para psiquiatria, especialidade na qual o paciente pode efetuar as marcações sem a necessidade de enfrentar filas. O próximo passo é a da informatização do sistema, como já está sendo feito em Cabo Frio – o prazo previsto é de 30 dias.
 
Pacientes hipertensos e diabéticos  podem retirar os medicamentos específicos na Farmácia Popular do Distrito de Tamoios e nas farmácias credenciadas apresentando a receita da rede pública de saúde.
 
Em relação ao Hospital de Tamoios, nesta sexta-feira (1/2), a unidade volta a funcionar com atendimento 24h. No mesmo dia, começa no Distrito a Operação de Carnaval, onde serão distribuídos 60 mil preservativos e informativos sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs)
 
Foto e Texto: Katyuscia Chaparral/ Assessoria de Imprensa 

MORADORES DE CABO FRIO JÁ CONTAM COM MELHORIAS NA ÁREA DE SAÚDE

Moradores de Cabo Frio já contam com melhorias na área de Saúde

Moradores de Cabo Frio já contam com melhorias na área de Saúde – Fotos: Fábio Pereira/SECOM

Os moradores de Cabo Frio já podem contar as primeiras melhorias na área da Saúde. Com a implantação do sistema informatizado, as pessoas não precisam mais dormir nas filas para conseguirem marcar as consultas, como era anteriormente, com o processo manual.

O novo sistema da Central de Marcação de Consultas está em funcionamento desde o dia 13 de janeiro e já contabiliza números positivos: foram 2468 consultas marcadas em 10 dias de utilização. Por dia, cerca de 240 pessoas tem as suas consultas marcadas. Com o novo sistema, todos os dados do modelo antigo foram migrados, e hoje, mais de 90 mil pessoas estão cadastradas.

O horário da marcação também mudou. Os funcionários agendam as consultas das 18h às 21h. Segundo o diretor administrativo do PAM, Antônio Marcos, desde então, não há mais aquela situação deprimente de antes.
– A informatização da marcação de consultas acabou com as filas durante a madrugada. Isso é coisa do passado em Cabo Frio. As pessoas não precisam mais se sacrificar daquela maneira como faziam antes. Chegam aqui, agendam seus horários e vão embora tranquilas para casa, sabendo que na semana seguinte serão atendidos pelo médico da especialidade que necessitam, afirma o diretor.
Outra novidade do sistema é o envio de SMS para os pacientes que marcaram a consulta. Um dia após a marcação, o sistema envia uma mensagem via celular para lembrar os pacientes da consulta, informando dia, horário e nome do médico com o qual será consultado. Desde a implantação do projeto, mais de 900 SMS já foram enviados aos pacientes.
O sistema de marcação de consultas já está sendo implantado também no bairro Jardim Esperança. Na próxima quinta-feira (31/1) começará o treinamento com os funcionários, para que na semana seguinte as pessoas já possam utilizar esse benefício.
Outro local onde a implantação está bastante adiantada é em Tamoios. Segundo o superintendente de informática da Secretaria de Saúde, Leonardo Vital, dentro de 30 dias o sistema estará em pleno funcionamento, integrado à Central de Marcação de Consultas do PAM, em Cabo Frio. O projeto de informatização da marcação de consultas prevê ainda este ano, a implantação do sistema em todas as unidades de saúde do município, incluindo todos os Postos de Saúde da Família.

EDUCAÇÃO, TURISMO E RESTAURANTE SOBRE AS ONDAS

Alair dá sinal verde em projeto de flutuante na Ilha dos Papagaios

O Prefeito Alair Corrêa recebeu em seu gabinete nesta quinta-feira (24) o professor do Departamento de Engenharia Naval da UFRJ, Alexandre Alho, acompanhado pelo Subsecretário de Meio Ambiente, Jailton Nogueira. A razão da visita foi uma idéia, originalmente exposta à Secretaria de Meio Ambiente, para que se instalasse um flutuante nas águas da Ilha dos Papagaios. Ainda segundo a idéia, o projeto seria basicamente um ponto inovador de atração turística e que contaria com um restaurante, piscina com vista para o fundo do mar, além de espaço para atividades turísticas e educativas.

O prefeito Alair Corrêa, juntamente com o subsecretário de Meio Ambiente, definiu que toda a logística de operação do restaurante e do espaço de atividades teria de ser ecologicamente correto. Deste modo, resíduos sólidos e líquidos de banheiros e cozinhas seriam tratados, bem como outros descartes – óleo de cozinha ou lixo plástico, por exemplo – seriam recolhidos em embarcação de apoio, para posterior eliminação.

A engenharia também obedece a orientação verde: a idéia inicial do flutuante é que o mesmo seja construído em concreto, material menos agressivo que as chapas de aço naval, mantida sobre as ondas através de uma tecnologia já amplamente dominada na região e utilizadora de mão de obra local.

O espaço contará com a gestão ambiental e apoio da Prefeitura de Cabo Frio, mas ainda não tem prazo de apresentação oficial ao Prefeito.

Texto: Walter Biancardine

SECRETARIA DE SAÚDE LANÇA CAMPANHA CONTRA A DENGUE

Secretário Estadual de Saúde, Sérgio Côrtes, parabenizou o prefeito Alair Corrêa pela iniciativa inédita

A Secretaria de Saúde de Cabo Frio lançou nesta quarta-feira (23/1) uma grande campanha contra a Dengue. O secretário Estadual de Saúde, Sérgio Côrtes, esteve em Cabo Frio nesta manhã, acompanhado de sua equipe do Departamento de Vigilância em Saúde, para uma reunião com o prefeito Alair Corrêa e todos os secretários. A campanha ganhou o slogan “Terra amada, terra sem dengue”, e tem como objetivo mobilizar toda a população para a prevenção da doença.

Durante a reunião, o prefeito Alair Corrêa afirmou que vai contar com a ajuda de todas as secretarias para fazer com que essa campanha seja um sucesso, e, consequentemente, Cabo Frio fique com os índices de dengue abaixo do que vem sendo registrado nos anos anteriores.

– Vamos juntos colocar essa campanha na rua, vamos vestir essa camisa. Queremos ver a nossa cidade nas páginas dos jornais mostrando as suas belezas e todas as qualidades da nossa terra. Vamos vencer esse mosquito – afirmou o prefeito.

O secretário estadual de Saúde, Sérgio Côrtes, parabenizou o prefeito pela iniciativa inédita. Segundo ele, na maioria das vezes, as campanhas são realizadas quando há uma epidemia.

– Cabo Frio está fazendo diferente: está saindo na frente do mosquito para que depois, não sejam necessárias as ações emergenciais utilizadas quando a situação já está saindo do controle. O prefeito e a Secretaria de Saúde estão de parabéns pela iniciativa – declarou o secretário.

O próximo passo da campanha será a elaboração dos planos de ação para que o trabalho seja feito de forma eficaz em toda a cidade.

– A partir de agora, todas as secretarias montarão os planos de ação para que a campanha seja trabalhada em todas as esferas do município. O trabalho porta-a-porta continuará sendo feito normalmente pelos agentes da Vigilância em Saúde – afirmou a superintendente de Vigilância em saúde, Edilane Medeiros.

Também estiveram presentes: a subsecretária Estadual de Vigilância em Saúde, Hellen Miyamoto; o vice-prefeito de Cabo Frio, Silas Bento; o secretário de Saúde, Dr.Demócrito Azevedo; o subsecretário de Saúde Dr. Carlos Alberto Barrozo; o secretário administrativo da Saúde, Demerval Soares; a superintendente de Vigilância em Saúde; Edilane Medeiros; além de todos os secretários e outros representantes de secretarias.

Texto: Glória Passos
Fotos: Fábio Pereira