O APERTO DE MÃO

O Aperto de mão, a palavra dada e depois o cumprimento dessa palavra têm sido o meu lema. Vejo minha história enriquecida por, ao longo dos meus 43 anos de vida pública, jamais ter faltado com minha palavra e com o meu compromisso, acredito até que o meu sucesso como político tenha sido por eu ser este homem respeitado e amado pelos homens mulheres de nossa região que, ao transmitirem em suas casas esta minha postura, me fizeram também amado por seus filhos.

Na última sexta-feira eu tive um desses grandes dias como homem que cumpre, já que estive, às 9 horas em Tamoios entregando o primeiro cheque referente aos 400 milhões que, em campanha, prometi ao seu povo sendo que, mais importante, é que afirmei “vencendo ou perdendo a eleição aqui cumprirei a promessa de entregar o dinheiro que pertence à cidade”.

Perdi a eleição aqui, mas nesta sexta-feira entreguei 25 milhões de reais. Também depositarei numa nova conta, em nome da Secretaria de Obras, outros 25 milhões para serem aplicados em Cabo Frio.

Estamos completando 50 dias de governo e mostrando ao nosso povo que, após reformar 50 escolas, fazer 50 dias de festas, dar abono de 500 reais a todos os funcionários, cortar a gordura, os gastos desnecessários, extinguir uma empresa que dava prejuízo, fechar as torneiras do desperdício ainda conseguimos, em apenas 50 dias, economizar 50 milhões de reais que nos permitirá fazer 50 grandes obras.

Sou como o meu pai que, para pagar o que devo, não preciso de duplicata assinada ou documento escrito. Eu pago e cumpro o que prometo.

Até amanhã!
Alair Corrêa

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

TRÊS SETORES A SEREM AJUSTADOS

Em nosso governo existem três setores a serem ajustados: a saúde, a educação e a limpeza pública.

A falta da transição, antes de assumirmos, tem sido responsável pela demora em colocarmos o trem nos trilhos nessas três áreas, pois elas estiveram muito mal nos oito anos do governo anterior e não daria para resolvermos em dois meses do nosso governo.

A saúde com hospitais e postos sucateados, contratos corrompidos, dívidas astronômicas, 530 processos na justiça de pessoas pobres que processaram a prefeitura por não receberem remédios, profissionais fantasmas e desinteressados etc.

Quanto à educação, que a mídia destacou com a falta de professores para o início das aulas que acabou não acontecendo em algumas escolas da rede, estes fatos contribuíram para essa situação. Primeiro, encontramos todas as escolas sucateadas, em péssimo estado; segundo, um grande número de crianças e jovens fora da escola o que nos levou a ter que fazer obras em 50 % das escolas; terceiro, o governo anterior teve 4 anos para aplicar a nova lei e não a aplicou o que fez com que, agora de uma só tacada, tivéssemos que, para atendê-la, contratar mais 1/3 de professores e, por último, vimos ocorrer agora o que aconteceu no início dos 8 anos da última administração, enquanto estamos há apenas 50 dias governando.

Já com a limpeza, encontramos empresas viciadas com contratos descumpridos, falhos e sem o pessoal que deveriam ter, recebendo por 1.400 homens aproximadamente e só tinham nas ruas e praças no máximo 300. É claro que pusemos um fim nessa vergonha e corrupção, só que isso nos custou uma radical mudança na limpeza da cidade. Com a nova Cia-COMSERCAF, parte das empresas encarregadas dos 122 setores teve seus contratos rescindidos e as que permaneceram tiveram seus contratos revistos e adequados a um valor real por homem trabalhando, além de novas empresas contratadas para substituir as excluídas. Bom, podemos afirmar que, em relação à área da educação, todas as escolas estarão 100% funcionando a partir do dia 1º se março com todos os profissionais e com os prédios já sem obras.

Quanto à limpeza, o povo pode ter certeza de que no dia primeiro teremos todos os setores funcionando novamente nas cores como deixei há oito anos atrás e de que. no final de março, estaremos entre as cidades mais limpas do Brasil como, orgulhosamente, éramos conhecidos enquanto governei a cidade. Em relação à saúde, vamos trabalhar muito para torná-la satisfatória como os outros setores. Marcação de fichas já não é feita pela madrugada como antes e ainda em 10 dias a pessoa terá outro tratamento, pois imediatamente à marcação (sem demora), o contribuinte passará por um batalhão de clínicos gerais que adiantarão exames laboratoriais e verão a necessidade do especialista para quem será encaminhado. Posso afirmar que ninguém ouvirá de mim como defesa ” a saúde em todo lugar é assim.”

Aproveito para agradecer a todos que estão compreendendo a minha decisão em liberar as calçadas para os pedestres. Os que brincaram sem confusão as festas do carnaval e do réveillon os que têm esperança no nosso governo e confiança em minhas promessas, estejam todos certos de que vou colocar a nossa cidade nos trilhos do crescimento, como também vamos manter a ordem social.

Até amanhã!
Alair Corrêa

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

“ETA PREFEITO PORRETA!”

Gritou um turista quando eu passava na Praia do Forte. “Obrigada, Alair, por ter voltado pra gente” assim uma cabo-friense sorrindo me saudava, quando na quarta-feira de cinzas eu com o Secretário de Obras medíamos a Av. Teixeira e Souza que este ano abriremos, logo após indenizar os proprietários das casas que serão demolidas. Já na segunda-feira em Tamoios, um morador ao me ver próximo ao trio elétrico me disse: “Alair, é a primeira vez que encontro em pleno carnaval um prefeito aqui em Tamoios. Agora acredito que no dia 22 você entregará nosso dinheiro.”

Ainda no carnaval, os ambulantes a toda hora me agradeciam pelo dinheiro que ganharam nesses 45 dias de festa. Ontem seus colegas das barracas que coloquei para eles trabalharem perto da Secretaria de Turismo, colocaram uma grande faixa agradecendo a forma respeitosa e digna como os tratei. Finalmente, na noite dessa quinta-feira, ao sair da Câmara onde aprovamos o seu plano de cargos, alguns funcionários me disseram: “Obrigado, Alair, por demonstrar respeito e ter feito para nós um carnaval que esperamos por 30 anos.”

Estou feliz por esses poucos dias governando nossa cidade que peguei triste, suja e maltratada, não fizemos tudo, é claro, mas limpá-la, alegrá-la mais e respeitar nosso povo, isso tenho consciência de que fiz. Do dia primeiro de janeiro até agora, dia do 20/02, foram mais de 50 shows, fogos, trios elétricos, bandas, blocos e música e milhares de turistas etc. Cuidei do povo e da cidade melhorando sua segurança, sua limpeza e sua organização. Estive atento aos problemas da saúde e preparei o governo para o início do ano letivo dias que começou nessa segunda-feira, dia 18, ampliando, reformando e pintando aproximadamente 60 escolas.

Já nas próximas semanas iniciarei as obras da nova orla e Cabo Frio ficará ainda mais bonita; devolverei à nossa cidade o nosso aeroporto fazendo uma nova entrada de 1 km e 1/2 (1.500 metros de asfalto, voltando o acesso pela Vila do Sol e não por Arraial do Cabo, como o ex-prefeito permitiu por incompetência, desinteresse por nossos direitos e, principalmente, por não ter tido coragem para enfrentar aqueles que desejam mandar em nossa cidade.

Desejo aproveitar para informá-los de que o comando agora é meu.
Aguardem, pois muitas obras, trabalho e ventos bons virão.

Até amanhã!
Alair Corrêa

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

PENSANDO NO FUTURO

POR JULIO VIGGIANI

O carnaval não é só festa. É também uma oportunidade de uma prefeitura mostrar sua competência e preocupação em proporcionar aos moradores da cidade e aqueles que nos visita uma festa com qualidade, animação e muita paz.

Foi o que aconteceu no carnaval de Cabo frio, com seus shows, blocos carnavalescos e uma opção de ritmos para aqueles que não curtem a agitação dos blocos. Tudo isso encantou principalmente aqueles que aproveitaram os dias de carnaval para viajar e cair na folia ou então passar o feriadão Momesco descansando em nossa aprazível cidade.

Mesmo sem tempo hábil, a prefeitura de Cabo Frio mostrou que com inteligência e uma administração séria, é possível transformar nosso município em um maravilhoso destino turístico, atendendo a grande demanda de visitantes que ocorre nos feriadões que marcam nosso calendário como aconteceu no carnaval e no fluxo natural do verão.

Ressaltamos o empenho e esforços dos blocos que arrastaram uma multidão de foliões, encantando principalmente os turistas estrangeiros, pela animação e alegria dos brincantes, num clima de muita descontração.

Está provado que com um governo sério e competente como o que foi eleito pela maioria dos cabo-frienses, nossa linda cidade em breve será transformada em um grande polo turístico, não só por suas maravilhosas praias de areias brancas e águas límpidas, mas com uma programação variada para atender aqueles que nos visitam durante todo o ano, não só no período do verão. Não podemos esquecer que turismo é sinônimo de empregos e uma economia forte.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

ARRUMANDO A CASA

Orgulho em poder construir um Plano justo e que valoriza o nosso servidor.

Tive ontem a oportunidade de estar na Câmara de Vereadores para assistir a aprovação unânime do novo PCCR, fruto da negociação que pude desenvolver com os líderes sindicais. Foi um momento de grande satisfação para mim atender a uma reivindicação justa do funcionalismo municipal.

Antes da sessão da Câmara, me reuni com as lideranças sindicais na Prefeitura. Tanto em nossa conversa quanto em meu discurso na Câmara agradeci aos servidores, principalmente por sentir neles a confiança depositada na minha pessoa. O pessoal da Comsercaf receberá os reajustes imediatamente em forma de abono e, com a máxima urgência, o plano específico vai ser apresentado.

Os líderes sindicais viram que eu sou um homem que cumpre o que promete, que no meu governo não há espaço para enganos ou planos eleitoreiros. Minha preocupação foi investir no homem, que tem prioridade sobre a cidade. Assim, os quase 80 milhões de reais anuais de impacto deste acordo são considerados também como “investimento”, da mesma maneira que os 25 milhões de reais que brevemente estarei entregando aos moradores do Segundo Distrito através da CODESTAM para que, com eles, sejam iniciadas as obras de construção da nova cidade em Tamoios.

Outros 25 milhões serão aplicados em Cabo Frio, e de maneira particular determinei que as obras de alargamento e duplicação da Avenida Teixeira e Souza – do trecho que vai da Remmar até a Praça Porto Rocha – sejam iniciadas ainda este ano. O fluxo de automóveis e pedestres vai melhorar muito, e uma bela e larga avenida será entregue ao povo. Todo o cabeamento elétrico, telefonia, tevês á cabo, tudo isso passará a ser subterrâneo e não enfeiará mais a nossa paisagem.

Muitas outras realizações ainda estão por vir. Meus planos para a cidade são conhecidos por todos e pretendo cumpri-los até o fim. Cabo Frio respira um clima diferente desde nossa posse, temos shows e festas atraindo turistas já nesta temporada e a cidade está mais limpa – embora não tanto quanto ainda ficará. Em pouco mais de um mês, acredito que estejamos mostrando á que viemos: negociamos um plano de cargos e salários há muito pedido, enxugamos gastos excessivos que herdamos da gestão passada, providenciamos um belo Reveillón e um carnaval inesquecível, além de já dispormos de dinheiro pronto para ser usado em obras de melhorias para a cidade. Por isso, tenho mesmo evitado pensar na quantidade de dinheiro, nos milhões e milhões de reais que foram tão mal aplicados nos últimos anos e que poderiam ter dado outro aspecto á nossa amada Cabo Frio.

O que passou é página virada, só uma triste lembrança que em breve será apagada pelo tanto que faremos, pois o que o amigo leitor ou leitora viu acima é o sinal de que estamos arrumando a casa.

Até breve!
Alair Corrêa

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

QUANDO PERCEBEMOS QUE TEMOS UMA MISSÃO

Quando percebemos que temos uma missão na vida, nossa primeira providência é encontrar um caminho que nos permita cumpri-la. O meu foi a política, que tantas alegrias me deu, gratificado a cada vez que avalio os bons resultados obtidos dentro do que me propus: fazer o melhor pelo meu povo e por minha terra amada.

Um desses bons momentos aconteceu na reunião do Conselho dos Associados do Consórcio Intermunicipal Lagos São João, onde tive a oportunidade de expor um ponto de vista particularmente caro á mim e, o que foi melhor, sentir a boa acolhida dos meus pares.

Vivemos dias peculiares em nossa querida Região dos Lagos, onde cada município se comporta como uma terra virada de costas para a outra, mas sempre considerei que existem causas muito mais importantes que quaisquer motivos que tenham ocasionado este distanciamento – e o bem estar, a qualidade de vida de nosso povo é uma delas.

Penso que fiz um discurso corajoso e que teve o poder de romper com uma cultura de isolamento que se arrasta há bastante tempo. Defendi que Cabo Frio, como cidade-mãe da região, tem o dever de contribuir e colaborar com os outros municípios vizinhos. Em um português bem claro, Cabo Frio deve participar da vida das outras cidades auxiliando, orientando e sendo o catalisador dos anseios de toda a região.

Imagine você, meu amigo e minha amiga, o quanto todos nós podemos ganhar em termos de qualidade de vida se nos unirmos no objetivo da preservação ambiental de toda a área lagunar? Imagine o que isso pode significar em termos de atrativo turístico, já que somos abençoados pela maravilhosa natureza que Deus nos presenteou? E imagine também o que um turismo forte significa para a economia de todas as nossas cidades, liberando-nos do petróleo que um dia se acabará?

Sirvo ao povo há quarenta anos e certamente tenho alguma experiência. Pois coloquei-a inteiramente á disposição dos meus colegas prefeitos que lá estavam. Eles tem me consultado, conversado muito comigo e pedem ajuda. E no meu discurso eu deixei claro que nossa política no momento é de união, de agrupamento para termos uma sociedade única da Região dos Lagos.

Vendo os aplausos e a reação francamente favorável de todos ali presentes, tive imediatamente a consciência de que estava vivendo um daqueles momentos gratificantes que falei acima: a boa sensação de estar cumprindo com êxito a minha missão.

Por hoje, tive um bom e longo dia de trabalho. Mas o que me motiva é saber que amanhã novos desafios serão lançados. E lá estarei eu, pois creio em minha missão e Naquele que a preparou para mim.

Até amanhã!
Alair Corrêa

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

17 HORAS PROVEITOSAS

Alair Corrêa - 17 Horas ProveitosasOntem trabalhei das 6 às 23 horas, dezessete horas em que apenas por 15 minutos parei para almoçar e o restante foi só trabalhando. Despachei nas primeiras duas horas, em seguida participei da reunião de oração dentro da prefeitura com o palestrante pastor Fabrício, tendo como tema a HUMILDADE. Logo depois fui a uma entrevista na Rádio Sucesso, voltei à prefeitura para importantíssima reunião com os presidentes dos sindicatos dos funcionários efetivos (reunião de trabalho bem proveitosa). Voltei aos despachos e em seguida aconteceram as audiências marcadas com empresários e secretários.

Já noite entrei no carro e me dirigir a Tamoios para a primeira reunião com seus munícipes, autoridades e integrantes do governo. Ao chegar, me surpreendi com a multidão do lado de fora do ginásio, perguntei ao Vicente por que não abriram as portas tendo o mesmo respondido que já tinham sido abertas “é que tem muita gente te esperando”, rompi a multidão e quando entrei no ginásio o mesmo já estava lotado e é claro que isso me deixou imensamente feliz pois estava ali, para falar da cidade que iremos construir pra eles e quantos mais me ouvissem, melhor seria. Cantamos o Hino Nacional com todos muito emocionados e com razão, afinal de contas esse povo de Tamoio luta por sua emancipação há tanto tempo e, se ela chega ainda que seja de forma indireta, os tamoienses têm direito de comemorar a chegada de sua parcial liberdade financeira.

Dois momentos para eu guardar com carinho: o primeiro quando anunciei, agora oficialmente, os 400 milhões para obras, com a entrega do primeiro cheque no dia 22/02. O segundo quando me dirigi aos membros da CODESTAM e aos meus companheiros e disse” a eleição já passou, agora não existem mais alairsistas, janistas etc, agora temos um só povo para, sem brigas, sem picuinhas, com um único propósito: construir a cidade de Tamoios e, para isso, é preciso união, vontade e harmonia”.

Não vou esquecer jamais essa reunião que representou pra mim a virada política e o reinício de uma jornada junto a quem há algum tempo me amava e recentemente me rejeitava. Já para o povo, a reunião representou a chegada do seu direito trazido em forma de presente exatamente por alguém que lá atrás agiu contra o seu sonho. Encerrada a reunião, retornei a Cabo Frio no carro do vereador Taylor, quando conversamos sobre o sucesso da reunião. Chegando em casa, o relógio marcava 23 horas foi quando fiz as contas e concluí que havia trabalhado 17 horas em um dia, que tem apenas vinte e quatro, e que nelas havia me alegrado com reunião de oração, havia alegrado os funcionários com a decisão de lhes pagar o Plano de Cargos e Salários e de como havia alegrado a população de Tamoio anunciando a entrega do dinheiro que lhe pertence.

Graças a Deus, trabalhei muito, mas aproveitei bem aquelas 17 horas.

Até amanhã!
Alair Corrêa

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS