O DIÁLOGO É FUNDAMENTAL

Os pais dos alunos fizeram uma manifestação pacífica em frente a Sede da Prefeitura, bem diferente das realizadas pelo Sepe. A manifestação tinha intuito de uma conciliação entre o Governo e o Sindicato. Dando aula de civilidade no Sepe, os pais buscavam diálogo e não briga política. Recebi um grupo de pais de alunos do Rui Barbosa e o diálogo aconteceu! Pediram que eu fizesse uma exposição sobre a situação, pois não aguentavam mais ver os filhos sem aula. Então fiz uma explanação sobre tudo, o valor da folha da educação, mostrei balancetes de arrecadação dos meses atuais e dos anteriores à Crise do Petróleo, relatei sobre o estrago feito pelo PCCR nas contas por ter sido adotado de uma só vez, falei da dificuldade de diálogo com o Sepe, falei que os salários nunca deixaram de serem pagos a mês a mês, mesmo tendo trabalhado dois meses em oito de greve.

Ao final disse aos pais  o que devemos a eles, relatando: são duas parcelas das cinco do Décimo Terceiro, 1/3 das férias!  Solicitaram que eu fizesse um esforço para acabar com a greve apesar de minhas dificuldades.

Respondi: O que mais desejo é por um fim nessa situação, tenho feito grande esforço para pagar os salários dos servidores, só Deus sabe o quanto tem sido difícil. As reivindicações do Sepe como prioridades são:

a) Pagamento de duas parcelas que faltam do 13 salário;
b) Pagamento de 1/3 das férias;
c) aposentadorias para os que desejam parar de lecionar;
d) Vale transporte;
e) pagamento até o primeiro quinto dia do mês.

Como não posso resolver esses casos agora, sugiro aos senhores pais que conversem com os diretores do sindicato para acordarmos o seguinte: SALÁRIOS! Eles já sabem que a maior parcela do Fundeb e Icms chega no meio do mês e que, enquanto estivermos com a arrecadação em baixa, precisarei continuar pagando os salários até 15 dias do vencimento como nunca deixamos de fazer. Conceder um tempo de, até dois meses, para pagarmos as duas parcelas que faltam do décimo terceiro salário e 1/3 das férias. Para os professores em tempo de aposentadoria aplicarmos a Lei: pagando o percentual a que têm direito enquanto aguardam o Ibascaf aposentá-los. (Aposentar agora 50 professores implicaria em ter que contratar para seus lugares outros 50). Se a prefeitura já tem dificuldades para pagar 50 como vai conseguir pagar a 100? O vale transporte já foi pago quarta-feira.

Os pais ficaram satisfeitos com a reunião  pois conheceram a real situação da prefeitura e encontraram um prefeito diferente do que o Sepe fala, disposto a resolver e que dialoga. Falei na saída para eles: Não se entusiasmem pois terão dificuldades, encontrarão um Sepe com dirigentes que, na verdade, não querem o fim dessa greve, por isto que postei ontem que pagarei a quem trabalhou. Estava adivinhando,  porque o que esses pais vem apanhando dos professores ligados ao sindicato por terem dialogado comigo é de deixar qualquer um estarrecido.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

O DINHEIRO DAS PERDAS DE ROYALTIES DE CABO FRIO AINDA NÃO CHEGOU, MAS A EXPECTATIVA EM RECEBÊ-LO AUMENTOU!

be391465bde0cab3d734befe1bcbde8c

No mês passado, ao receber a primeira trimestral do ano, quase morri. No governo anterior nossa cidade recebia aproximadamente 40 MILHÕES DE REAIS e agora recebemos apenas R$ 1 MILHÃO e 400 MIL REAIS, R$ 38 MILHÕES DE REAIS a menos.

Isto nos atingiu como um terremoto com escala de 10 graus na escala Richter. Jamais um governante, em toda a história da república, teve uma perda tão acentuada de arrecadação como a que tivemos nesses dois anos de governo, tudo devido a crise do petróleo. ESTAMOS HÁ DOIS ANOS lutando para que nos devolvam o que perdemos! No ano passado o Senador Crivella encampou nossa luta, conseguiu que o SENADO aprovasse uma lei para resolver a situação dos municípios produtores de petróleo e, nos últimos dias, conseguiu o sinal verde do Ministério da Fazenda, CMN e Secretária do Tesouro Nacional. Avançamos bastante e estamos agora esperançosos de que, finalmente, poderemos receber o que perdemos. Ontem estive presente na reunião da Câmara de Cabo Frio, assim como os demais colegas prefeitos em suas cidades, participando das sessões legislativas simultâneas em homenagem ao querido Senador MARCELO CRIVELLA por tudo que vem fazendo para salvar nossas cidades.

OBRIGADO SENADOR!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

OLHA EU AQUI EM BRASÍLIA NOVAMENTE, TENTANDO SALVAR NOSSA CIDADE!

34103a59d61f745ed5dd864f25571028

Hoje foi um dia de várias reuniões, com o objetivo de conseguir recursos para tirar nossa cidade dessa calamitosa situação financeira. Minha romaria por aqui se intensificou quando recebemos a parcela especial do ROYALTIES do petróleo de fevereiro. Foi o dia que mais me preocupou desde o início do meu governo. QUEM NÃO LEMBRA NA CAMPANHA PASSADA QUANDO AFIRMAVA “vou construir uma nova cidade, isso porque tinha sido prefeito sem receber as parcelas trimestrais e fiz muitas obras , agora governando com mais 160 milhões todo mês como teve o o governo passado, construirei uma nova cidade. Imagine 40 MILHÕES a cada três meses a mais para eu governar. Farei sim uma nova cidade!” Mas a surpreendente parcela de R$ 40 Milhões trimestral caiu para apenas R$ 1 milhão de reais. É VERDADE, CABO FRIO PERDEU NESSA PARCELA R$ 39 Milhões! Devido a situações como a que citei, tenho acampado em Brasília a fim de tentar salvar nossa cidade! Poder pagar os empresários, comércios, pagar em dia aos nossos empregados. Precisamos poder comprar mais remédios para o nosso povo, dar atendimento melhor e mais digno etc. Hoje tive muito trabalho, me reuni no Ministério da Fazenda, na diretoria do BB ( como a foto ) e amanhã estarei com a diretoria da CVM mostrando nossa situação e cobrando a eles o que perdemos por culpa do mercado financeiro e da Petrobrás. Hoje pedi a Deus com mais fé ainda.

Boa noite!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

CONTINUO NA LUTA

image

Estamos em São João da Barra, município distante cerca de 100km de Campos, reunidos com os Prefeitos da Bacia de Campos e com os advogados, tratando da reunião que teremos novamente na quinta feira em Brasília. Continuamos nossa luta por NOSSOS DIREITOS pleiteamos receber o que perdemos com a Petrobras. Não tem sido fácil essa caminhada de tantas reuniões e encontros e ainda ter que administrar uma despesa maior do que a arrecadação. Nossa cidade perde cerca de R$25 milhões todo mês. Para governar assim, com tão grande baixa na receita, só mesmo com muita determinação, pois, além da crise financeira temos a crise provocada pelas vaidades de certas pessoas que, sem brilho, tentam aparecer agora galopando nessa terrível crise que estamos tentando por um fim.

Boa tarde!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

TRABALHO, UNIÃO E FÉ POR CABO FRIO

dd67a697b61548800a7edbdeaeeb79ab

Terminou agora a reunião aqui em Brasília no Ministério da Fazenda. Ainda não foi desta vez que retorno para Cabo Frio com a garantia do dinheiro que nossa cidade perdeu. Lembrando que só em 2015 a perda foi de R$ 296 MILHÕES DE REAIS.

No entanto, retorno bem animado porque avançamos bastante em nosso projeto de receber o que perdemos, considerando que tudo ocorreu por causa da crise econômica e da má administração da Petrobrás e não por erro do município. Aproveito o momento para fazer um APELO aos professores que, através do SEPE, se mantém em greve: o pedido é para que voltem às escolas e concluam os boletins dos alunos. É verdade que nos últimos 4 meses tivemos um atraso de 15/20 dias no pagamento dos mesmos. Mas agora, assim que conseguirmos receber o que temos direito ou parte dele, a primeira coisa que pretendo fazer é colocar em dia os salários dos nossos servidores. Que na assembléia de amanhã, se for possível, procurem dar um passo atrás para avançar depois, pois se nos próximos dois ou três meses não for conseguido nenhum recurso para Cabo Frio e, se não acabarmos com os 15/20 dias de atraso no pagamento, se acharem por bem, voltem a greve. É O MEU PEDIDO AOS PROFESSORES.

Volto a Cabo Frio mais animado e esperançoso.
Graças a Deus!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Primeira reunião da Ompetro em 2016 aborda impactos da crise do petróleo

g1-regiao-dos-lagos

Encontro acontece em Rio das Ostras e reúne 12 representantes do interior.
Marco regulatório e financiamento foram discutidos.

Assistir Vídeo

A Organização dos Municípios Produtores de Petróleo (Ompetro) realiza, nesta quarta-feira (17), a primeira reunião da entidade de 2016. O objetivo é debater alternativas para reduzir o impacto da crise causada pela queda nos repasses dos royalties, por conta da contínua redução do preço do barril. A reunião acontece em Rio das Ostras e reúne representantes de 12 municípios do interior.

Na reunião é discutida a mudança do marco regulatório, em especial os pontos que tratam sobre a abertura da exploração do petróleo por empresas que não sejam ligadas à Petrobras. Foi dicutido também o ficanciamento de recursos por meio do Estado.

Nos últimos 12 meses, as prefeituras registraram, em média, uma queda de 50% no repasse dos recursos dos royalties do petróleo, que são indenizações pagas aos municípios de onde o material é extraído.

Fonte: G1

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS