SOFRI MUITO AO DESISTIR DE SER CANDIDATO

Dentre os motivos, a necessidade de me dedicar para melhorar a cidade organizando-a melhor e entregá-la ao futuro prefeito com menos problemas dos que tenho enfrentado. JÁ INICIEI HÁ ALGUM TEMPO ESSE TRABALHO. Um dos principais pontos é o de equilibrar as finanças e organizar a administração municipal. Já temos trabalhado o crescimento da arrecadação a fim de diminuir a dependência de Cabo Frio em relação ao Petróleo.

O futuro governo terá em 2017, através do programa de geoprocessamento que há dois anos desenvolvemos, um crescimento da arrecadação interna de aproximadamente 80 milhões de reais, só no primeiro um ano. Com a melhora da arrecadação interna e a diminuição dos gastos, já podemos ver uma cidade mais limpa. Com pouco dinheiro é verdade, mas com sacrifício estamos melhorando a coleta dos restos de obras, galhos e móveis velhos em quase todo município.

Por tudo isso quero fazer um apelo aos contribuintes dizendo o seguinte, não somos mais uma cidade rica como antes, repito estamos perdendo 20 milhões por mês, sendo assim precisamos da colaboração de todos para entregarmos ao futuro prefeito uma cidade com uma manutenção menos cara já que hoje ela arrecada bem menos. Cabo frio  está voltando a ficar limpa e nesses cinco meses se DEUS quiser voltará a ficar organizada como no passado.

Nas últimas semanas tiramos mais de 500 caminhões de resto de obras dos bairros Caiçara .São Cristóvão, Guarani, rodovia do centro de Tamoios, Portinho, São Francisco, todo o centro e estamos limpando todos os bairros do Jardim Esperança e todos os outros bairros do município. Por isso peço a todos que ajudem a cidade.

A) alugando uma caçamba ou contratando um transporte para tirar os restos de material e qualquer coisa a ser descartado de sua casa, entendemos que continuar fazendo como alguns moradores que descartam nos passeios o que tira  de seu  quintal nessa hora em que o município perdeu arrecadação e falta de amor à cidade e respeito para com os vizinhos.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

O DIÁLOGO É FUNDAMENTAL

Os pais dos alunos fizeram uma manifestação pacífica em frente a Sede da Prefeitura, bem diferente das realizadas pelo Sepe. A manifestação tinha intuito de uma conciliação entre o Governo e o Sindicato. Dando aula de civilidade no Sepe, os pais buscavam diálogo e não briga política. Recebi um grupo de pais de alunos do Rui Barbosa e o diálogo aconteceu! Pediram que eu fizesse uma exposição sobre a situação, pois não aguentavam mais ver os filhos sem aula. Então fiz uma explanação sobre tudo, o valor da folha da educação, mostrei balancetes de arrecadação dos meses atuais e dos anteriores à Crise do Petróleo, relatei sobre o estrago feito pelo PCCR nas contas por ter sido adotado de uma só vez, falei da dificuldade de diálogo com o Sepe, falei que os salários nunca deixaram de serem pagos a mês a mês, mesmo tendo trabalhado dois meses em oito de greve.

Ao final disse aos pais  o que devemos a eles, relatando: são duas parcelas das cinco do Décimo Terceiro, 1/3 das férias!  Solicitaram que eu fizesse um esforço para acabar com a greve apesar de minhas dificuldades.

Respondi: O que mais desejo é por um fim nessa situação, tenho feito grande esforço para pagar os salários dos servidores, só Deus sabe o quanto tem sido difícil. As reivindicações do Sepe como prioridades são:

a) Pagamento de duas parcelas que faltam do 13 salário;
b) Pagamento de 1/3 das férias;
c) aposentadorias para os que desejam parar de lecionar;
d) Vale transporte;
e) pagamento até o primeiro quinto dia do mês.

Como não posso resolver esses casos agora, sugiro aos senhores pais que conversem com os diretores do sindicato para acordarmos o seguinte: SALÁRIOS! Eles já sabem que a maior parcela do Fundeb e Icms chega no meio do mês e que, enquanto estivermos com a arrecadação em baixa, precisarei continuar pagando os salários até 15 dias do vencimento como nunca deixamos de fazer. Conceder um tempo de, até dois meses, para pagarmos as duas parcelas que faltam do décimo terceiro salário e 1/3 das férias. Para os professores em tempo de aposentadoria aplicarmos a Lei: pagando o percentual a que têm direito enquanto aguardam o Ibascaf aposentá-los. (Aposentar agora 50 professores implicaria em ter que contratar para seus lugares outros 50). Se a prefeitura já tem dificuldades para pagar 50 como vai conseguir pagar a 100? O vale transporte já foi pago quarta-feira.

Os pais ficaram satisfeitos com a reunião  pois conheceram a real situação da prefeitura e encontraram um prefeito diferente do que o Sepe fala, disposto a resolver e que dialoga. Falei na saída para eles: Não se entusiasmem pois terão dificuldades, encontrarão um Sepe com dirigentes que, na verdade, não querem o fim dessa greve, por isto que postei ontem que pagarei a quem trabalhou. Estava adivinhando,  porque o que esses pais vem apanhando dos professores ligados ao sindicato por terem dialogado comigo é de deixar qualquer um estarrecido.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

AOS SENHORES PAIS DE ALUNOS DA REDE MUNICIPAL

image

Senhores, os professores estão em greve há 8 meses. Nesse período, por três meses “suspenderam a greve”, coloco entre aspas porque fingiram a suspensão: continuaram sem trabalhar, pelo menos três dias por semana quando faziam uma “paralisação de alerta”. Considerando que temos 7 dias por semana, o SEPE, na verdade, fingia que trabalhava 2 dias por semana.

O problema é que, desde que se iniciou o período eleitoral, o SEPE transformou suas ações sindicais em politicagem barata mostrando total falta de amor e respeito para com os alunos. Assim como foram IRRESPONSÁVEIS para com os professores que queriam trabalhar e o sindicato não deixava. Destacamos ainda, que mesmo com os professores estando há 8 meses sem trabalhar, jamais deixamos de pagar-lhes mensalmente os salários, a que aliás não fizeram jus, porque nesse tempo não trabalharam 2 meses! Aos professores devemos duas parcelas do décimo terceiro e 1/3 de férias isto porque a arrecadação caiu mais de 20 milhões de reais ao mês, já quanto aos salários informo aos senhores pais que o SEPE mente ao dizer que não os recebe. Nunca deixamos de pagar-lhes mesmo não trabalhando há oito meses por causa da greve. A única anormalidade nesse tempo foi um atraso de no máximo 15 dias. Considerando a séria crise que a cidade enfrenta, o atraso não chega a ser motivo para o SEPE fazer essa confusão toda na cidade, prejudicando nossas crianças. Deixam seus filhos sem aula, apesar de receberem, todos os meses, seus salários.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

ARRECADAÇÃO EM QUEDA

image

Neste mês de abril a situação ficou ainda mais grave do que nos outros meses. A arrecadação caiu em efeito cascata, atingindo todas as rubricas, ICMS , FUNDEB ROYALTIES DO PETRÓLEO E A RECEITA INTERNA. O ICMS caiu de 9 milhões de reais para 6.7 milhões, PERDA DE 2.3 MILHÕES, o FUNDEB que antes 10. 5 Milhões caiu para 8.3 Milhões, PERDA DE 2.2 MILHÕES. Royalties do petróleo ano passado 17 Milhões e nos últimos meses 7.6 Milhões, caiu para 5.2 Milhões: mais uma PERDA DE 2.4 MILHÕES DE REAIS. Receita interna = 14.5 Milhões, este mês: 13 Milhões . Tivemos uma PERDA DE 1.5 MILHÕES DE REAIS. O total da perda considerando um dos MÊSES do do ano de 2014 foi, surpreendentemente, de quase 30 milhões. Considerando as perdas do mês anterior, a queda foi de R$ 8.500. OITO MILHÕES E QUINHENTOS MIL REAIS. Quero informar a população e, principalmente aos nossos funcionários, que estamos acompanhando essa minguada entrada de recursos a fim de que consigamos evitar maiores prejuízos para o cidadão da nossa cidade. Espero que todos conheçam nossa situação e tenham compreensão.

Todo esse problema surgiu a partir de uma séria crise que toma conta das administrações públicas e privadas em todo país . Vamos continuar tomando conta das nossas já combalidas finanças e, deixando bem claro que: Em situação como essa não existe mágica e tudo pode acontecer!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

ASSEMBLÉIA DO SEPE

Ontem aconteceu a assembléia do SEPE e eles resolveram manter a greve. ESTÃO QUERENDO BRINCAR UTILIZANDO OS NOSSOS ALUNOS. ESSA PROPOSTA DE ONTEM É A MESMA JÁ APRESENTADA E REJEITADA POR NÓS EM OUTRAS NEGOCIAÇÕES A DE RECEBER ATÉ QUINTO DIA, O GOVERNO JÁ LHES DISSE VÁRIAS VEZES, A ÚLTIMA FOI NA CÂMARA COM MINHA PRESENÇA, QUE A PREFEITURA ATÉ CONSEGUIR UM RECURSO EXTRA SÓ PODERÁ PAGAR O SALÁRIO NA TERCEIRA TERÇA FEIRA DE CADA MÊS POR SER O DIA EM QUE OS GOVERNOS ESTADUAL E FEDERAL TRANSFEREM À PREFEITURA AS MAIORES PARCELAS DO ICMS E DO FUNDEB.

Devido a decisão de ontem não conseguiremos iniciar as aulas no dia 15/3 como esperávamos, pois os nossos quase 40 mil alunos continuarão sem poder se matricular. Essa greve, como todos sabem, dura quase três meses e mesmo assim os professores recebem o salário do mês em casa, pois o governo pagou integralmente seus salários, sem descontar um centavo de qualquer um dos grevistas. Ainda assim, resolveram sacrificar ainda mais nossas crianças mantendo essa greve. Pagamos para mostrar o nosso respeito pelas decisões das assembléias, como a de ontem com 30 professores decidindo em nome de milhares de servidores.Repetindo, mesmo com uma crise financeira sem precedentes pagamos a quem não trabalhou por 90 dias.

Infelizmente os professores não se preocuparam com os nossos alunos, deixando-os sem a correção das provas, impedindo suas matrículas, isto puramente por maldade e pirraça dos dirigentes do SEPE. Por entendermos que o sindicato passou dos limites em sua intransigência, informamos que, a partir de agora, não seremos mais tolerantes como antes com os professores e o SEPE porque o sindicato não está tendo respeito algum para com à nossa população e os direitos dos nossos alunos. Ainda assim, convidamos a todos os professores para se apresentarem em suas escolas e concluírem o ano de 2015, pois essa ausência tem sido danosa na vida dos quase 40 Mil alunos da rede municipal de ensino. Lembramos que o Tribunal determinou a volta dos professores as escolas desde o dia 2/2 . Hoje já é dia 1º de Março e eles descumpriram a ordem judicial. A desobediência à justiça nos tira também obrigações para com os grevistas. Portanto hoje é dia 01/03 /2016 e, se os mesmos não retornarem às escolas estão cientes de que os alunos continuarão prejudicados pela greve, e nos levará, como governo, a ter outra postura em relação ao movimento grevista e, principalmente, com os nossos servidores que nos últimos três meses receberam sem trabalhar dando um prejuízo a cidade de aproximadamente R$ 40.000.000,00 QUARENTA MILHÕES DE REAIS, e um prejuízo social maior ainda: o de deixar 40.000 ALUNOS SEM AULAS.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

ESCLARECIMENTO

Antes que os costumeiros abutres tentem explorar a ida da polícia até a COMSERCAF, esclarecemos que foi em relação a um servidor de Tamoios, que estaria com processo criminal por dever à justiça e a polícia quer prendê-lo, por isto entrou nas dependências da empresa buscando documentos do mesmo e o seu ponto diário.

A diretoria da COMSERCAF rapidamente entregou os documentos.

Ainda para os abutres, informamos que a prefeitura tem aproximadamente 14 mil funcionários sendo inevitável que, por mais cuidado que se tenha, que algum deles tenha alguma dívida com a justiça.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

EDITORIAL: Boa receita para tempos de austeridade

O DIA OPINIAO

Sofrendo os efeitos da queda brusca dos royalties de petróleo, Cabo Frio faz um bom dever de casa diante da crise

Rio – Cabo Frio está fazendo um bom dever de casa diante da crise: o prefeito Alair Corrêa está reduzindo quase à metade o seu secretariado, enxugando de 25 para 14 pastas, como O DIA mostrou na última quinta-feira. Os ajustes incluem o corte de quase 4,5 mil cargos comissionados. Só com essas exonerações, economizam-se R$ 700 mil. Corrêa ainda diminuiu o próprio salário e limitou o teto do município a R$ 7 mil.

O remédio para sobreviver a tempos austeros é invariavelmente amargo. Encolher a máquina nessa proporção, independentemente de produtividade, traz alguns impactos. E a população também vai sentir os efeitos da tesoura no subsídio da passagem de ônibus, que passou de R$ 0,50 para R$ 1,50. E a base do IPTU está sendo revista, para mais.

Não há muito a fazer. Cabo Frio sofre impiedosamente os efeitos da queda brusca dos royalties de petróleo, agravante dentro de um macrocenário já negativo, de retração de investimentos e economia estagnada. E o gasto público, historicamente alto e malcuidado no Brasil, contribui para o quadro.

No Brasil, secretarias e ministérios vão além das ações setorizadas: no jogo democrático, ajudam a satisfazer e a acomodar a base — mas não raro traduzem o pior do fisiologismo. E há uma injustificável ânsia, nos três poderes, de aumentar os próprios vencimentos, como se o Erário fosse poço sem fundo. Não é, e a crise está mostrando isso do modo mais cruel. Felizmente há bons exemplos, como o de Cabo Frio — é nele que todos devem se espelhar.

Fonte: O Dia

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS