UM GOVERNO DE RESULTADOS

EM APENAS UM ANO PROMOVEMOS UMA REVOLUÇÃO
ADMINISTRATIVA EM CABO FRIO

Nesse primeiro ano de Governo gastamos com a folha de pagamento 64%, ou seja, 10% a mais do que a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) permite. Veja o quadro:

a) Arrecadação geral compreendo receitas próprias e transferências governamentais, totalizando uma arrecadação bruta de R$690 milhões

Recursos produzidos pelo Ibascaf que entraram como receita R$50 milhões
Folha de pessoal compreendendo PMCF, Ibascaf e Comsercaf R$470 milhões
LRF em relação a receita apurada diretamente R$690 milhões 67%
LRF em relação a receita mais recursos Ibascaf 64%
Gastos a mais com a folha do que a LRF permite que são 54% 10%
Os gastos a mais com a folha em relação a arrecadação tiraram quase R$ 100 milhões dos recursos da prefeitura destinados a obras e investimentos (13%) R$89 milhões
Se a prefeitura tivesse cumprido a LRF seria 54% de 690 milhões, o município teria 46% para investimento R$317 milhões
Para obedecer ao que prevê a Lei em relação ao que arrecadou, A prefeitura só deveria ter gasto no máximo 54% com pessoal. Mas, ao gastar 67%, tivemos para investimentos apenas 33% R$227.700 milhões

Governamos com R$ 89 milhões (oitenta e nove milhões) a menos, mas ainda assim, transformamos a orla de nosso principal cartão postal: Praia do Forte, na ORLA MAIS BONITA DO MUNDO e nosso Governo atuou em todos os cantos do município. Fizemos muita coisa e ainda, promovemos uma revolução em Tamoios. Algumas ações como exemplo:

a) LIMPEZA – Estamos limpando muito melhor a  cidade. É visível o cuidado que temos com a limpeza das ruas e praias de Cabo Frio.

b) OBRAS – Realizamos mais de 50 obras. Dentre elas destacamos: A Rodovia Ambiental das Pacas e a nova rodovia do Aeroporto; A Nova Orla com as Praças dos Quiosques, Verde e Praça das Águas;

c) ESPORTE –  O nosso governo investiu no projeto social “CRESCENDO COM O ESPORTE” que abrange todas as modalidades e atende a mais de 15 mil crianças e jovens de Cabo Frio.  O time da Cabofriense conquistou o campeonato da segunda divisão e está credenciada para jogar na elite do futebol carioca contra os grandes clubes do Rio (Botafogo, Flamengo, Vasco e Fluminense). O nosso futsal também conquistou dois títulos no estado (Campeonato Carioca e estadual). Trouxemos também a Seleção Brasileira de Vôlei Masculino, o Handebol feminino, que depois acabou conquistando o título mundial, a Seleção brasileira de Futsal, com o astro Falcão, procurando, dessa forma, incentivar nossos jovens a seguirem o caminho saudável dos esportes.

d) CULTURA –  Criamos o CAV – Centro de Artes Visuais, o Proedi, o Natal de Luz valorizando os artistas da cidade, que montaram os presépios nas praças, as cantatas, o teatro, numa demonstração de respeito pela nossa cultura; não fizemos distinção: tanto incentivamos a cultura erudita (como os corais, a dança), como também as manifestações populares como a Folia de Reis e os Quilombolas.

e) FESTAS E EVENTOS – Fizemos todas as festas: Carnaval, Semana Santa, Corpus Christi, Festival do Camarão, do Marisco, da Sardinha, Festa Nordestina, Encontro de Corais, Festival de Dança, N. Sr ª de Assunção, N. Srª da Esperança, N. Srª de Fátima, São Cristóvão,  Encontro de Motos, Primavera Gospel, Aniversário da Cidade, Abertura do Natal de Luz , o melhor Réveillon do Brasil, e mais de 300 festas em toda cidade.

Para valorizar nossos talentos musicais , implantamos o Circuito da Música que a cada semana movimenta um local da cidade.

f) ACESSIBILIDADE – Pela primeira vez, as pessoas portadoras de algum tipo de deficiência puderam tomar banho de mar, graças ao projeto que implantamos na Praia do Forte com CADEIRAS-ANFÍBIOS e técnicos para acompanhar as pessoas. Nos shows, somos pioneiros em dedicar um espaço exclusivo onde cadeirantes e acompanhantes podem assistir de pertinho seus artistas preferidos com total segurança. Na nova Praça dos Quiosques, banheiros exclusivos e elevadores panorâmicos permitem que cadeirantes e idosos possam usar os sanitários num ambiente higienizado e tranqüilo.

g) MEIO AMBIENTE – Embargamos a obra do hotel, no Peró, também determinamos  o embargo do Shopping e exigimos (através de um TAC) que além de cumprir as exigências ambientais, ainda houvesse uma compensação ao município com obras de duas rotatórias e uma escola avaliada em cerca de R$ 4 milhões.

h) SOCIAL –  Potencializamos os atendimentos dos CRAS,  com o reordenamento do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos nos CRAS. Mais de 24 mil famílias atendidas com diversos serviços socioassistenciais nos CRAS (Centro de Referência de Assistência Social); CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social; DAPEDE ( Departamento de Apoio à Pessoa com Deficiência) e CadÚnico (principal cadastro para acesso aos serviços socioassistenciais).

Entregamos quatro casas populares a moradores da Maria Joaquina e Jardim Peró.

Bolsa Família: 11 mil famílias atendidas.

Ampliação do PRONATEC: 2012 – 120 vagas // 2013 – 600 vagas // 2014 – 880 vagas

Implantação do Serviço Especializado de Abordagem Social e PETI – Programa de Erradicação do Trabalho Infantil. E ainda investimos R$2.7 milhões  para o projeto pela PASSAGEM A 0,50 CENTAVOS.

i) LANCHE DO OPERÁRIO – Reforçamos o lanche matinal dos cabofrienses que saem cedo de casa para o trabalho com um copo de 300ml de café com leite, queijo, suco e frutas.

j) PCCR – Ao implantarmos o Plano de Cargos e Salários melhoramos as condições de vida dos nossos funcionários e injetamos mensalmente mais recursos na nossa economia.

k) EDUCAÇÃO E NA SAÚDE – São os dois setores do Governo que absorvem mais investimentos e, sobretudo, atenção. Pela grandiosidade e gigantismo dessas duas áreas, reservamos à Saúde e a Educação uma apresentação a parte, que postaremos nos próximos dias.

Para o sucesso do nosso governo nesse ano fomos austeros, dedicados e fechamos as torneiras, evitando o desperdício e multiplicamos os recursos. Somos sabedores de que o Carro Chefe desse ano foi o investimento que fizemos em Máquinas e homens que nos auxiliam na LIMPEZA DA CIDADE e conseqüentemente na prevenção de doenças.

  • O PCCR, que embora tenha nos deixado nessa situação de gastarmos mais do que a lei permite, foi um destaque em 2013.
  • A passagem a R$ 0,50 centavos ajudou a chefe de família e economizar recursos e cuidar melhor de seus familiares;
  • Os títulos Estaduais no futsal e no futebol de campo;
  • O CHOQUE DE ORDEM que impusemos na cidade;
  • O nosso 1º Carnaval, o Réveillon com fogos indescritíveis e 16 shows;
  • A nossa Orla dos Quiosques, eleita por todos visitantes como a mais linda do mundo.

Tivemos 200 milhões a menos do que o GOVERNO PASSADO teve em 2012, mas FIZEMOS MUITO MAIS. Investimos melhor. Quando se GOVERNA COM CORAGEM, SERIEDADE E AMOR PELA CIDADE, temos bons resultados.  Foi o que aconteceu comigo: Trabalhei muito, lutei, fiscalizei, amei mais a cidade do que amava como um cidadão comum, enxerguei a prefeitura como uma missão para melhorar minha terra e dar DIGNIDADE A POPULAÇÃO.

Não posso deixar de citar que Deus esteve ao meu lado me abençoando e me concedendo forças para vencer a primeira etapa da minha missão.

Sei que 2014 será ainda mais difícil, pois terei que fazer reposição salarial em abril, mas estarei lutando e pronto para agir. O amor que a grande maioria dos cabo-frienses tem por mim é combustível para que eu não pare diante dos gritos tolos dos poucos adversários que preferem se fingir de cegos nas redes sociais, mas, que entre eles, sozinhos assumem ainda que com despeito. “ ALAIR CORRÊA  É FOGO MESMO. COM APENAS 1 ANO DE GOVERNO DESMORALIZOU NOSSO GRUPO POLÍTICO.”

Alair Corrêa – Prefeito

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

PROJETO DO PARQUE MICO LEÃO DOURADO É RETOMADO EM CABO FRIO, RJ

Decreto de recriação do parque foi assinado na semana passada.
Investimento da prefeitura pode chegar a R$ 300 mil.

Assistir VídeoA prefeitura de Cabo Frio, Região dos Lagos do Rio, decidiu retomar o projeto do Parque Mico Leão Dourado. O investimento pode chegar a R$ 300 mil, no parque que tem 600 mil metros quadrados. A intenção é a partir da unidade desenvolver o ecoturismo na região.

A sede da unidade fica no distrito de Tamoios. O parque foi criado em 1997, e extinto em 2010. Por falta de preservação, vários pontos da área sofreram com a degradação. Na semana passada, um decreto foi assinado para recuperar o projeto. O documento prevê que o Plano de Manejo para uso do espaço seja feito em seis meses. A licitação para contratar a empresa que vai fazer o estudo já está em andamento.

Em março deste ano, foi feita uma audiência pública com representantes da prefeitura e moradores que vivem perto ou dentro do parque. Cerca de dez famílias moram no local. Por enquanto, não foi divulgado se haverá remanejamento dos moradores.

Fonte: G1

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

LIMINAR, UM REMÉDIO JURÍDICO QUE NEM SEMPRE RESOLVE, UM BOM DIREITO SUSTENTADO POR BOAS PROVAS O REMÉDIO PODE SER SUBSTITUÍDO

Os adversários se vangloriam porque conseguiram uma medida judicial suspendendo a demolição da praça do skate, aquela que foi construída às pressas e que foi inaugurada há 10 dias de encerrar o desgoverno deles.

A obra, por si só, já foi uma aberração: pela má qualidade do material utilizado, buracos apareceram na pista com uma semana de inaugurada, o que levou os jovens a ficar muitos dias sem poder utiliza-lá.

Assumimos o governo e dois motivos nos levaram a começarmos uma das obras mais importante para a nossa cidade, que é a Nova Orla da praia do Forte compreendendo:

a) Orla dos quiosques – na verdade, pela estrutura construída no subsolo, serão 15 restaurantes com elevadores panorâmico para banhistas e deficientes e uma pista 500 por 4m para as caminhadas;
b) Praça do Turismo, com 8 mil m², sendo 70% só com área verde e vegetação da região;
c) Nova Praça das Águas, com mais dois lagos só para peixes e com o antigo sendo transformado em um bonito e claro espelho d’água;
d) Nova praça de skate com o dobro do tamano da antiga para competições oficiais;
e) Finalmente fechando o projeto da Orla, o novo Calçadão do Malibu.

Posso afirmar com todas as letras que teremos, a partir da entrega dessa Orla, uma nova cidade.

E o que nos levou a fazer tão grande investimento?

1) As dunas invadiam os antigos quiosques e isto nos levou a assinar um Termo de Ajuste de Conduta (TAC), nos obrigando a retirar todos eles da Praia. Assim, tornou-se necessária a construção de outros quiosques. O projeto Orla também teve essa finalidade: atender aos seus ocupantes;
2) Se a população pelas urnas me entrega a tarefa da reorganização da cidade e tenho que limpar a Praia, não poderia perder a oportunidade de fazer a mais bonita, funcional e melhor obra na praia mais bonita do Brasil, e em sua esteira mudar toda a Orla como estou fazendo.

A partir desse ousado projeto, passaremos a ter quatro praças juntas: a das Águas, a do “Carrefour” (construída pelo ex-prefeito MM); a nova do Turismo; e a dos quiosques. Assim, tornou-se necessária a ligação entre as mesmas, e aí veio a necessidade de ser deslocada a pista do skate, que, lembramos, foi feita às pressas pelo outro governo, sem qualquer preocupação arquitetônica e turística, sem um projeto sério que viesse a ser feito na nossa praia como agora estamos fazendo.

Nunca escondemos de ninguém que a retirada da pista é fundamental para execução do mais importante projeto turístico da cidade. O ex-prefeito Marquinho Mendes, junto ao afilhado político de Cabral, Jânio Mendes, entrou com uma ação popular contra a retirada da pista e teve respaldo judicial. É claro que recorrerei, pois meus dois adversários conseguiram apenas uma liminar, um remédio jurídico que ameniza a dor dos peticionários, mas não cura doença alguma, principalmente se esse mal for de pequenez e mediocridade, como é o caso em questão.

Sorte deles será a retirada da pista, já que se eu não recorresse e em novembro, depois das nossas obras prontas, aquele quase espectro, quase uma ruína, ali permanecesse no meio do vistoso conjunto de praças, esses dois (Marquinho e Jânio) seriam expostos ao ridículo na comparação das obras e por defenderem a manutenção dessa coisa horrenda em relação à maravilhosa obra que estamos fazendo. E não sou daqueles que deixam de cumprir o que prometo.

Alair Corrêa – Prefeito

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

ANIMAIS SERÃO COLOCADOS PARA ADOÇÃO NESTA QUARTA-FEIRA EM CABO FRIO, RJ

Imagem da última feira de adoção de cães realizada em Cabo Frio, em julho (Foto: Heitor Moreira/G1)

Imagem da última feira de adoção de cães realizada
em Cabo Frio, em julho (Foto: Heitor Moreira/G1)

0 Animais serão colocados para adoção nesta quarta-feira em Cabo Frio, RJ Serão 120 cães e gatos disponíveis em uma tenda na Praça Porto Rocha. Animais adotados poderão ter acompanhamento gratuito por toda a vida.

Será realizada nesta quarta-feira (21) a segunda edição da Feira de Adoção do Canil Municipal de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio. Serão 120 animais, entre cães e gatos, disponíveis para adoção na tenda que será montada na Praça Porto Rocha, no Centro da cidade, das 9h às 17h.

Os interessados devem ter mais de 18 anos e precisam apresentar identidade, CPF e comprovante de residência. Segundo informações da secretaria municipal de Agricultura, que organiza a feira, ao todo estarão disponíveis 100 cachorros e 20 gatos, todos já castrados e vacinados.

A prefeitura informou ainda que os animais adotados poderão ter acompanhamento gratuito dos veterinários do canil municipal durante toda a vida, bastando que os adotantes levem os animais à sede do canil, na Fazenda Campos Novos, no Segundo Distrito.

Fonte: G1

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

ANIMAIS DE RUA SÃO RECOLHIDOS EM CABO FRIO, RJ, PARA FEIRA DE ADOÇÃO

Vinte cachorros foram recolhidos para feria de adoção no dia 28 de agosto.
Na última feira, 91 animais foram adotados por moradores da região.

Uma operação de recolhimento de animais passou por três bairros da cidade de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (22). 20 animais foram resgatados de ruas dos bairros Tangará, Peró e Jardim Esperança. Eles foram levados para o Canil Municipal, que fica na Fazenda Campos Novos. Lá vão ser tratados e vacinados para a próxima feira de adoção, que deve acontecer no próximo dia 28 de agosto, na praça Porto Rocha.

Animais foram recolhidos em três bairros da cidade.  (Foto: Ari dos Santos/Ascom Cabo Frio)

Animais foram recolhidos em três bairros da cidade. (Foto: Ari dos Santos/Ascom Cabo Frio)

A última Feira de Adoção de Animais aconteceu na quarta-feira (17), no Centro da cidade. Segundo a assessoria da Prefeitura de Cabo Frio, 91 animais foram adotados. Sendo 72 cães e 19 gatos. No início deste mês de julho, o G1 mostrou que o Canil Municipal apresentava irregularidades. O portão de entrada estava aberto, possibilitando qualquer pessoa entrar. Além da falta de segurança, os animais ainda conviviam com uma grande poça de esgoto que foi formada atrás do canil.

Os interessados em adotar animais, devem ser maiores de 18 anos e estarem munidos da carteira de identidade para assinatura do termo de adoção.

Fonte: G1

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

FEIRA DE ADOÇÃO EM CABO FRIO, RJ, CONSEGUE NOVO LAR PARA 91 ANIMAIS

Os 30 animais disponíveis foram adotados em menos de duas horas.
Secretaria teve que mandar buscar mais animais no Canil Municipal.

A Feira de Adoção de Animais promovida pela prefeitura de Cabo Frio nesta quarta-feira (17), na Praça Porto Rocha, foi um grande sucesso. Iniciada às 9h, teve os 30 animais disponíveis adotados em menos de duas horas de funcionamento. A secretaria de Agricultura teve que mandar buscar mais animais no Canil Municipal, que fica na Fazenda Campos Novos.

A feira ficou na praça até as 18 horas. Contando também com os cães e gatos doados por particulares e por ONGs especializadas na proteção de animais abandonados, segundo a secretaria, chegou-se a um total de 91 animais adotados: 72 cães e 19 gatos.

O sucesso fez com que a secretaria de Agricultura já marcasse uma nova edição da feira de adoção de animais para daqui a duas semanas.

Uma das pessoas que adotaram um dos animais foi Valdeia Campos, de 54  anos, que chegou as 7h30 para poder garantir um bicho de estimação. Assim que os cães chegaram, ela escolheu quem iria levar para casa. ”Cheguei bem cedo. É o primeiro cachorro que eu tenho. Ela é linda e vai se chamar ‘Princesa’. É muito importante a gente dar valor para esses bichinhos. Eles só querem carinho”, disse a dona de casa.

Ração, vasilhas, enfeites para colocar nos cachorros e correntes também foram doados para quem adotou os animais. Os bichinhos chamaram a atenção das crianças que acompanharam encantadas o trabalho solidário.

Vitor Pereira, de 9 anos, foi com a avó escolher um cão. No início, ele ficou confuso com tantas opções, chegou a falar que queria levar três de uma vez. O menino é apaixonado por animais e já sabe o que vai ser quando crescer. ”Eu cheguei aqui antes deles. Gosto muito de cachorro e quando crescer vou ser veterinário para ajudar a deixar eles mais felizes”, declarou o estudante, enquanto segurava um filhote no colo.

Fonte: G1

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS