MARQUINHO NÃO TOMARÁ POSSE. JUSTIÇA PODE TARDAR, MAS UM DIA CHEGA. ELA NÃO FALHA!

image

Em 2008 MM “me ganhou” ao roubar uma eleição comprando votos, corrompendo de todas as formas possíveis para um criminoso. Ganhou a prefeitura na mão grande, ingressamos com muitos processos e dentre eles sobressaía o famoso 101. Porém, a força da caneta do Sérgio Cabral e do dinheiro da prefeitura foi rompendo tudo e tomando posse. Foi assim que foi prefeito em 2008 e deputado em 2014. Nunca me conformei com as decisões de “juízes socorristas”, que foram comprados e mudaram decisões que permitiram sua posse em 2008. Não sou de jogar a toalha e me mantive firme trabalhando os tribunais que hoje para minha alegria corta a cabeça dessa cobra cassando o seu mandato de deputado e o registro a prefeito. Estou de alma lavada! Agora, se houver nova eleição, que vença o melhor ou então que o TSE dê posse ao segundo colocado. MISSÃO CUMPRIDA, graças a Deus! Para quem me chamou de leproso e disse que eu estava morto, aí está minha resposta, após oito anos de espera.

ALAIR CORRÊA COMENTA A CONDENAÇÃO DE “MM” PELO TCE

MM – Ontem o Tribunal de Contas do Estado (TCE), onde o governador é o seu grande amigo, rejeitou por unanimidade as contas da prefeitura de 2012/M.MENDES e o tornou inelegível por 8 anos. O ex-prefeito, sem defesa pelas arbitrariedades que cometeu, mencionou que essa CONDENAÇÃO é coisa do “pessoal do Alair”. Ele engana a todos os funcionários e ao povo mandando ao TCE uma prestação de contas com gastos com pessoal em 2012 de R$302 milhões, quando gastou quase R$ 400 milhões, tentando esconder do Tribunal R$90 milhões, gasta o dinheiro do povo erradamente e quer colocar a culpa sobre seus adversários, como se fosse preciso fazer alguma coisa contra ele para não disputar as eleições futuras. Coitado! Essa INELEGIBILIDADE é apenas mais uma dentre tantas que certamente ocorrerão. Sem esquecer que no processo 101 ele já está INELEGÍVEL POR OITO ANOS. O advogado dele entrou com Mandado de Seguranca mas não obteve êxito algum.

Eu, particularmente, fiquei triste com sua saída da disputa pois queria vê-lo numa eleição de mãos vazias, sem empregos para dar, portarias, cestas básicas, subvenções, sem condição para vencer diminuindo passagens de ônibus. Mas felizmente para a cidade que se vê livre desse fiasco que jogou fora QUATRO BILHÕES DE REAIS. Porém, para o NOSSO GRUPO POLÍTICO,  podemos dizer infelizmente já que não teremos mais o “prazer” de vê-lo candidato.

Em tempo: Dentre tantos absurdos que seu governo praticou soma-se mais esse de deixar de empenhar R$90 Milhões e assim justificar o envio do PCCR a Câmara foi realmente uma MALDADE, IRRESPONSABILIDADE, UM CRIME. É facil de entender: se o governo dele tivesse colocado o que empenhou e pagou de pessoal em 2012 (R$ 392 Milhões) e como a ARRECADAÇÃO nesse mesmo ano foi de R$ 740 Milhões, os gastos com pessoal foi de superior a 54% e não os 46% que o governo passado mencionou para ENGANAR A TODOS NÓS, FUNCIONÁRIOS E POPULAÇÃO. Por tudo isto já demiti 1.600 funcionários, estou com 1.000 portarias sem ser utilizadas e nunca consigo estar dentro do que a legislação permite que são 54%.

Todas as contas do governo passado estão com problemas, mas essa de 2012 é uma vergonha. Por isto não é necessário o meu grupo fazer qualquer coisa para atrapalhar o ex-prefeito. Ele próprio se enrolou com TANTAS TRAPALHADAS promovidas sem qualquer cerimônia. QUE PENA QUE ELE FICARA FORA ATÉ AS ELEIÇÕES DE 2024!!! PERDEU UM POUCO A GRAÇA SEM ELE.

Alair Correa – Prefeito

EX-PREFEITO É CONDENADO PELA JUSTIÇA POR SUPERFATURAMENTO NA COMPRA DE UNIFORMES

A cada dia os escândalos vão pipocando e vemos o quanto foi ruim para o nosso POVO o DESGOVERNO Marquinho Mendes. Sim muito ruim! Sobretudo, pelos estragos que causaram em nossa cidade. Eu diria até que foi muito mais do que uma tempestade, pois nessa, o vento, a areia e a chuva estão traduzidos em desmandos, desperdícios e falta de vergonha. A saúde totalmente sucateada, a educação com suas compras, vergonhosamente, superfaturadas, além da total falta de preocupação com o saneamento básico que dariam fim às valas negras. Agora mesmo foi CONDENADO PELA JUSTIÇA a devolver mais de R$ 2 milhões (dois milhões reais) aos cofres públicos por compra irregular de uniformes. Com isso, conseguimos entender sua atitude tomada em dezembro de 2012, seu ultimo mês de desgoverno, onde SURPREENDENTEMENTE entregou aos mais de 30 mil alunos da Rede Municipal os uniformes escolares. O seu último gesto quando faltavam poucos dias para a posse do novo prefeito (gastando R$ 1 milhão em uniformes) foi por todos analisado e questionado. Afinal, o que o havia levado a gastar com essa compra? Nobreza, consideração ao adversário e substituto, princípios éticos? Sei lá! Só sei é que mais de 200 prefeitos brasileiros foram condenados e muitos deles cassados, exatamente, por superfaturamento em compras de mochilas e uniformes. Eles adoçaram a boca das crianças com as roupas e mochilas novas, enganaram os pobres pais com esses presentes de grego, ganhando então dinheiro e votos.

O resultado desse crime, descoberto agora, foi vermos NOSSA AMADA CABO FRIO ser destaque negativo no IDH – Índice de Desenvolvimento Humano. Ao sair do Governo em 2004 passei para ele uma cidade com destaque no IDH. Cabo Frio era a 10ª colocada entre os 92 municípios do Estado. Agora, por causa das valas negras que não eliminaram; por causa da saúde e educação que não cuidaram; por causa do desperdício do dinheiro do povo e do desgoverno que, Graças a Deus, já ficou para traz; assistimos, perplexos e surpresos, nossa cidade tão rica em arrecadação passar para o 18º lugar, tendo caído oito posições. Uma vergonha que só é menor do que a própria administração que vimos nesses oito anos e que levou a nossa cidade ao empobrecimento. Sua ultima CONDENAÇÃO pela compra desses uniformes, apenas nos remete a uma profunda reflexão e pergunta: Por que fizeram tão mal a nossa cidade e ao nosso povo?

Alair Corrêa

POR UNANIMIDADE, TSE MANTÉM REGISTRO DE ROSINHA GAROTINHO

Ministros não acolheram recurso da coligação “Juntos por Campos”

Para o relator, ministro Marco Aurélio Mello, o TRE do Rio não poderia ter inicialmente negado o registro de Rosinha uma vez que havia uma decisão do TSE suspendendo os efeitos da condenação. O TRE do Rio chegou a negar o registro da candidatura da prefeita, em agosto deste ano, com base na Lei da Ficha Limpa por ela ter sido condenada anteriormente no âmbito da Justiça Eleitoral.

O recurso foi rejeitado porque os ministros entenderam que a condenação da Rosinha estava suspensa por outra decisão do TSE, que teria sido ignorada pelo TRE no momento em que negou o registro de Rosinha. A candidata recorreu ao TSE e obteve liminar de Marco Aurélio, antes da eleição, que a permitiu disputar a reeleição, na qual saiu vitoriosa.

Os recursos julgados nesta noite buscavam reverter a decisão monocrática de Marco Aurélio, mas não obtiveram sucesso. A acusação era que Rosinha estaria impedida pela Lei da Ficha Limpa, por abuso de poder econômico e uso indevido de meios de comunicação. Um dos ministros, Henrique Neves, não participou do julgamento por declarar-se impedido. Seu irmão, Fernando Neves, é advogado de Rosinha.

– O TSE confirmou o registro da candidatura de Rosinha. A prefeita vai cumprir o mandato. Acho que a matéria se esgota aqui – disse Fernando Neves

Fonte: O Globo

NA ÍNTEGRA: Julgamento de Alair Corrêa no TSE 04/12/2012

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deferiram, na sessão do dia 04 de dezembro de 2012, o registro de candidatura de Alair Francisco Corrêa, candidato mais votado a prefeito de Cabo Frio, no Rio de Janeiro. O TSE anulou decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) que havia negado o registro de Alair sob o argumento de que o político deixou de comprovar não estar inelegível com base na alínea “e” da Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar 135/2010) por suposta falta de apresentação de certidões criminais. Ao acolher o recurso especial eleitoral (Respe) 9664 a relatora do processo, ministra Luciana Lóssio, informou que o político apresentou no seu pedido de registro de candidatura certidões criminais de inteiro teor dos processos que tramitam contra ele, emitidas pelo Poder Judiciário, conforme exige a legislação eleitoral.

Fonte: TSE

DEU NO EXTRA: TSE confirma Alair Corrêa como prefeito de Cabo Frio

Alair Corrêa (PP) assumirá a Prefeitura de Cabo Frio a partir do dia primeiro de janeiro Foto: Marco Antônio Teixeira - 01/02/2007 / O Globo

Alair Corrêa (PP) assumirá a Prefeitura de Cabo Frio a partir do dia primeiro de janeiro Foto: Marco Antônio Teixeira – 01/02/2007 / O Globo

RIO – Alair Corrêa (PP) será o prefeito de Cabo Frio, o maior município da Região dos Lagos, a partir do dia primeiro de janeiro. Dois meses após as eleições municipais, nas quais Corrêa venceu o pleito com 54% dos votos, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aceitou no início da noite desta terça-feira, por seis votos a zero, o recurso do candidato contra decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio que impugnou sua candidatura por falta de certidões. O recurso foi julgado pela ministra Luciana Lossio, que aceitou os argumentos do advogado Carlos Magno de que seu cliente é “ficha limpa”.

Alair Corrêa lamentou que terá pouco tempo para fazer a transição do governo. Ele está preocupado com o réveillon, apontado como o segundo mais concorrido do estado, que reúne cerca de 800 mil pessoas nas praias do Forte e do Peró. Alair disse que vai procurar o prefeito Marquinho Mendes na manhã desta quarta-feira para iniciar a transição do governo.

— Estamos saindo de uma situação inusitada onde a sociedade não pôde procurar o prefeito atual, que está de saída, nem o futuro devido ao problema com a Justiça Eleitoral — disse Corrêa, que já foi prefeito da cidade por três vezes.

Após a decisão do TSE, os partidários de Alair soltaram muitos fogos e comemoram a decisão na Praia do Forte.

Fonte: Extra

DEU NO O DIA: Alair Corrêa é o novo prefeito de Cabo Frio

Rio –  O ex-deputado estadual Alair Corrêa (PP) é o novo prefeito de Cabo Frio. Por unanimidade (seis votos a zero), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) reverteu a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Rio (TRE-RJ), que no dia 18 de setembro indeferiu sua candidatura sob a alegação de falta de apresentação de certidões criminais.

Alair Corrêa - o dia

Foto: Estefan Radovicz / Agência O Dia

Alair teve 53% dos votos (quase 60 mil votos), mas não havia sido confirmado como vencedor porque sua candidatura foi impugnada pelo TRE. Em segundo lugar ficou o deputado estadual Jânio Mendes (PDT), que teve 40.631 votos, e chegou a ser proclamado como prefeito.

Assim que o resultado foi divulgado, uma multidão tomou a Praia do Forte, em Cabo Frio, com muitos fogos de artifício. Emocionado, Alair Corrêa disse que nunca deixou de acreditar que venceria no TSE. “Vou fazer o melhor governo que Cabo Frio já teve. Essa cidade merece festejar”, disse ele, que já faz planos para o Carnaval, época em que a cidade da Região dos Lagos costuma receber milhares de turistas.

Será o quarto mandato de Alair Corrêa, que já governou Cabo Frio entre 1983 e 1986, de 1997 a 2000 e de 2001 a 2004. “Vencemos duas vezes, nas urnas e na Justiça”, comemorou o prefeito eleito.

Fonte: O Dia