MM TRILHA O CAMINHO DOS COVARDES AO FECHAR 8 ESCOLAS

SOFRI TRÊS ANOS COM A QUEDA DA ARRECADAÇÃO, MAS, COM DIFICULDADES, MANTIVE escolas e hospitais abertos! Quando senti que uma recuperação da arrecadação seria demorada apelei para um empréstimo que resolveria tudo mas os adversários ( MM e outros) não me deixaram pegar. Precisava reduzir os gastos e meus assessores diziam que eu deveria fechar escolas e hospitais. Não aceitei e disse em coletiva à imprensa: “Em meu governo nenhuma escola será fechada”, todos devem se lembrar. Exatamente, para manter todos os serviços, fomos buscar alternativas para aumentar a arrecadação e criamos o projeto do Geo-processamento que, infelizmente, só ficou pronto para ser aplicado agora em janeiro de 2017. Esse nosso projeto de GEO PROCESSAMENTO fez entrar mais R$70 milhões nas contas da prefeitura só nesse primeiro trimestre. No nosso governo, pelas dificuldades que enfrentamos, atrasamos pagamentos mas mantivemos abertos todos os pontos de serviços da cidade. Agora, vemos o atual governo prejudicar toda a população FECHANDO ESCOLAS E HOSPITAIS sem necessidade porque agora a cidade arrecada mais R$70 milhões. O GOVERNO ATUAL  PREFERE TRILHAR O CAMINHO DOS COVARDES fechando escolas e hospitais. Foram 3 escolas, no Braga, Vila Nova e Tamoios. Isso só no ensino fundamental, porque no ENSINO MÉDIO são mais 5: Marli Capp e Nilo Batista, em Tamoios; Elza Bernardo, no J. Esperança, Rui Barbosa e Arlete Castanho, no centro. Um crime contra a sociedade com objetivo sórdido: economizar R$10 milhões ao preço do sofrimento da população. Os servidores precisam saber que estão recebendo salários porque o governo teve nesse trimestre R$70 milhões a mais. Entretanto, por continuar sendo PÉSSIMO GESTOR, mesmo com tantos recursos a mais, MM fecha 8 escolas, encerra o Ensino Médio e fecha hospital, covardemente. Onde estão os sindicatos, professores e todos os que protestaram contra o meu governo que se mantém calados como cordeirinhos!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*