ARRECADAÇÃO EM QUEDA

image

Neste mês de abril a situação ficou ainda mais grave do que nos outros meses. A arrecadação caiu em efeito cascata, atingindo todas as rubricas, ICMS , FUNDEB ROYALTIES DO PETRÓLEO E A RECEITA INTERNA. O ICMS caiu de 9 milhões de reais para 6.7 milhões, PERDA DE 2.3 MILHÕES, o FUNDEB que antes 10. 5 Milhões caiu para 8.3 Milhões, PERDA DE 2.2 MILHÕES. Royalties do petróleo ano passado 17 Milhões e nos últimos meses 7.6 Milhões, caiu para 5.2 Milhões: mais uma PERDA DE 2.4 MILHÕES DE REAIS. Receita interna = 14.5 Milhões, este mês: 13 Milhões . Tivemos uma PERDA DE 1.5 MILHÕES DE REAIS. O total da perda considerando um dos MÊSES do do ano de 2014 foi, surpreendentemente, de quase 30 milhões. Considerando as perdas do mês anterior, a queda foi de R$ 8.500. OITO MILHÕES E QUINHENTOS MIL REAIS. Quero informar a população e, principalmente aos nossos funcionários, que estamos acompanhando essa minguada entrada de recursos a fim de que consigamos evitar maiores prejuízos para o cidadão da nossa cidade. Espero que todos conheçam nossa situação e tenham compreensão.

Todo esse problema surgiu a partir de uma séria crise que toma conta das administrações públicas e privadas em todo país . Vamos continuar tomando conta das nossas já combalidas finanças e, deixando bem claro que: Em situação como essa não existe mágica e tudo pode acontecer!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

CONTINUA NOSSA LUTA FINANCEIRA!

Ressaltamos que, se não tivéssemos começado a batalha contra a crise em 2014, quando antevimos a tempestade que enfrentaríamos com a queda da arrecadação, seria muito pior. Infelizmente, o Governo do Estado não teve essa percepção e hoje enfrenta a mesma crise que a nossa, mas com maior desespero. Por termos tratado do problema com extremo cuidado e zelo estamos conseguindo ultrapassar.

Lamento que parte da população não tenha percebido o que evitamos e que o desespero seria maior se não tivéssemos sido rigorosos em nossas ações. Apesar da grave crise, abrimos o HCE, mantivemos com dificuldade a Saúde e a Limpeza. no que tange a Educação, com todas as lutas, inauguramos essa semana a maior e mais bonita escola do município a Escola Modelo Professora Patrícia Azevedo – Jardim Esperança. Há uma semana mais uma creche em Tamoios e, ainda nesse distrito, entregamos a nova escola Marli Capp. Hoje entregamos a nova Escola Marilia Plaisant no Jardim Esperança.

Como foi importante sermos experientes na administração pública, se não, hoje estaríamos amargando uma crise muito maior do que temos enfrentado!

LEIA ABAIXO O TEXTO PRODUZIDO PELO EX-SECRETÁRIO, PROFESSOR FACURY.

POR PROFº JOSÉ FACURY

Eu fui um dos secretários do Alair em 2013 que defendia no governo cumprir a agenda do PCCR. Ainda nadávamos em um mar de rosas dos royalties… Em abril, de 2014, o prefeito nos reuniu, dizendo que a cidade estava falida e projetava uma caída progressiva do barril de petróleo que iria incidir em graves problemas administrativos, pedindo que cortássemos as despesas. Aproveitou para nos anunciar que nenhum processo seria aberto sem a sua autorização. Foi no que se deu, a partir daí. Aceitamos as ordens, mas acreditávamos que tudo seria passageiro. A sua intuição e sabedoria politica, já sabia que não seria bem assim… Em novembro de 2014 quando lhe apresentei o plano de comemoração da cidade, construído pela Comissão dos 400 anos, e ele saiu cortando tudo pela metade. Perguntei-lhe, se em 2015 iria ser igual. Ele disse, ” …Vai ser pior, bem pior…”. Eu, sempre otimista, literalmente, paguei pra ver. E foi terrível.! Estar na gestão cultural de uma cidade com tantos planos possíveis de serem realizados com a arrecadação que tinha e ver tudo ruir, foi de uma experiência lamentável. Hoje, ressalto que se o Alair não estivesse sido tão precavido, desde 2014, poderíamos estar realmente no fundo do poço. E se esperanças ainda restam é porque houve sim um emergencial comedimento. A tristeza maior é que o Estado do Rio de Janeiro se estruturou na aba dos royalties e hoje paga um preço acachapante por isso. Nunca imaginei que, efetivo como arte educador aposentado da UERJ e da Prefeitura, fosse viver para amargar receber um salário conquistado a muito suor, labuta e estudos. E aguçar uma outra contribuição, que será realimentar a esperança em que dias novos hão de chegar. Espero, prefeito, que sua espera de recursos, seja coroada de êxito para o bem estar da nossa cidade (jfh)
Facury.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

O JORNAL “O DIA” EM MATÉRIA SOBRE OS ROYALTIES DE PETRÓLEO DIZ: OS MUNICÍPIOS RECEBERÃO A PARCELA DE MARÇO COM A MAIOR QUEDA EM 14 ANOS.

30e36fca625c539d9ca4abb695a4d1cb

Quem sem experiência e coragem conseguiria enfrentar tão inusitada e complicada situação financeira? Não queremos menosprezar os adversários mas, Marquinhos, Jânio, Paulo César ETC estariam como críticos/políticos em condições de liderar uma equipe e administrar tantas perdas de arrecadação como temos perdido? É uma situação complicada, enfrentar essa crise é o mesmo que estar no centro de um tsunami, no caso de Cabo Frio as sucessivas quedas se comparam com uma tempestade a cada mês. Governar hoje é estar sempre travando uma luta titânica entre o que se arrecada e o muito que se gasta. É como conseguir pagar a folha já com atraso e, quando consegue, já se entra em outro turbilhão de incertezas de como pagar a folha seguinte, até porque as outras despesas já não sabemos o que fazer com elas. Hoje você governa para um povo que tem direitos assegurados pela constituição mas que os governos estaduais e federal os descumprem quando não repassam aos municípios os valores devidos e necessários e, o pior é que cada vez mais diminuem o que se tem direito a receber, por isso os prefeitos não conseguem realizar o que as populações esperam.

19fa5867e3fdd896ecb34de0e6f78b07

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

O DINHEIRO DAS PERDAS DE ROYALTIES DE CABO FRIO AINDA NÃO CHEGOU, MAS A EXPECTATIVA EM RECEBÊ-LO AUMENTOU!

be391465bde0cab3d734befe1bcbde8c

No mês passado, ao receber a primeira trimestral do ano, quase morri. No governo anterior nossa cidade recebia aproximadamente 40 MILHÕES DE REAIS e agora recebemos apenas R$ 1 MILHÃO e 400 MIL REAIS, R$ 38 MILHÕES DE REAIS a menos.

Isto nos atingiu como um terremoto com escala de 10 graus na escala Richter. Jamais um governante, em toda a história da república, teve uma perda tão acentuada de arrecadação como a que tivemos nesses dois anos de governo, tudo devido a crise do petróleo. ESTAMOS HÁ DOIS ANOS lutando para que nos devolvam o que perdemos! No ano passado o Senador Crivella encampou nossa luta, conseguiu que o SENADO aprovasse uma lei para resolver a situação dos municípios produtores de petróleo e, nos últimos dias, conseguiu o sinal verde do Ministério da Fazenda, CMN e Secretária do Tesouro Nacional. Avançamos bastante e estamos agora esperançosos de que, finalmente, poderemos receber o que perdemos. Ontem estive presente na reunião da Câmara de Cabo Frio, assim como os demais colegas prefeitos em suas cidades, participando das sessões legislativas simultâneas em homenagem ao querido Senador MARCELO CRIVELLA por tudo que vem fazendo para salvar nossas cidades.

OBRIGADO SENADOR!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

CABO FRIO PELO CÉU PELA TERRA E PELO MAR!

8d0d1713355dc77ede8e3e9c8bdff3de

ALGUMAS PESSOAS FINGEM ESQUECER DAS COISAS BOAS QUE FIZEMOS.

Ontem, com a chegada do último navio, encerrou a temporada de TRANSATLÂNTICOS 2015/2016. Foram 75 mil turistas que recebemos em nosso terminal. Desses, 85% foram paulistas, e mais importante ainda é que 72% vieram a Cabo Frio pela primeira vez e muito mais importante e gratificante é que 98% desses mais de 70.000 turistas disseram que adoraram nossa cidade e que voltarão a visitá-lá. São dados como esses que me mantém vivo e disposto a continuar enfrentando essa dificuldade e rompendo tão grande tempestade. Vejo no momento dessas perdas que as obras que fiz no passado quando fomos fortes economicamente, nos ajuda a manter nossa cidade viva e atraente. Que bom que há vinte anos atrás, quando não tínhamos entrada por terra o meu governo tenha feito as duas largas entradas, pela Avn. América Central (Praia do Siqueira) e Avn. Wilson Mendes (Jacaré) essa inclusive com uma nova e moderna ponte. CABO FRIO PASSOU A TER SUA ENTRADA POR TERRA. Que bom que em 1998 o meu governo inaugurou o nosso Aeroporto Internacional com a segunda maior pista para pouso do nosso Estado. CABO FRIO PASSOU A TER SUA ENTRADA TAMBÉM PELO CÉU.

Que bom que em 2003 o meu governo inaugurou o Terminal para Transatlânticos e que, nesses últimos cinco meses, tenhamos recebido mais de 70.000 turistas. CABO FRIO PASSOU A TER SUA ENTRADA PELO MAR.

Tivemos, nos últimos anos, o aeroporto quase parando e o terminal recebendo por ano dois três navios. As dificuldades têm sido muitas e lutamos para rompê-las mas, a falta de dinheiro não impediu que mantivéssemos o olhar para frente sem tirar a história das nossas mãos e utilizá-la para vencer. Como dizia no passado agora já se pode entrar em CABO FRIO PELO CÉU, PELA TERRA E PELO MAR!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

POR LUCIANA G. RUGANI

É muito importante que os cidadãos se interessem pela história do desenvolvimento de suas cidades, principalmente no caso de Cabo Frio que, em poucos anos, sofreu uma transformação gigantesca. A cidade transformou-se a partir do incremento da atividade turística em sua economia. E, é impossível falar do desenvolvimento da cidade sem citar o nome do prefeito Alair Corrêa.

Em seus governos anteriores, essa transformação se acelerou. Foi uma gestão que primou por grande avanço em curto espaço de tempo, um verdadeiro “boom” de desenvolvimento. Bairros inteiros foram urbanizados, avenidas foram abertas, a cidade ganhou destaque no turismo nacional e internacional.

E deu-se em boa hora a lembrança aqui da abertura das duas entradas da cidade e também do aeroporto e do terminal de transatlânticos, pois estas obras revelam seu perfil de administrador que, além de promover o melhor em seu município, preocupou-se em iniciar a preparação da cidade para essa fase que vivemos atualmente, a fase de pós-royalties.

Hoje o turismo é a principal fonte de desenvolvimento econômico do município, e, se não fossem estas obras realizadas por Alair, a situação poderia ser gravíssima e talvez sem solução. Seu perfil de homem de visão e administrador que enxerga além ficou registrado na história do desenvolvimento de Cabo Frio quando construiu uma cidade melhor para seus cidadãos sem perder de vista o amanhã. E isso nada poderá apagar.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

JANIO MENDES PROVA DO SEU PRÓPRIO VENENO

Nos últimos tempos, Jânio, através do seu sobrinho e professor fantasma RAFAEL, vem incentivando os professores a protestarem em frente a prefeitura, invadirem a sede do governo, protestarem em frente a minha residência e agredirem a minha família. Nesse sábado ele provou do seu próprio VENENO ao ter essas pessoas dentro do seu evento, reunião do PDT, protestando por ele estar sempre votando contra o servidor estadual e aqui em Cabo Frio incentivando os servidores contra nosso governo. Por mais de três meses sofri todo tipo de protesto em silêncio, reservado, permitindo a manifestação dos grevistas e a eles pagando seus salários. Embora triste ou revoltado jamais os agredi, minhas respostas eram através dos meus artigos no face e nada mais. A diferença está aí: “esses democratas de araque, no primeiro protesto ofendem e batem em quem protesta”. A CARA DO JANIO QUERENDO JUSTIFICAR A AGRESSÃO FEITA POR SEU LÍDER LUPE NUMA PESSOA CHEGA A SER RÍDICULA. Ele provou do seu próprio veneno! Mas fica uma pergunta: O que fez o professor fantasma, seu sobrinho?

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS