Empréstimos para negativados: é possível fazer um empréstimo estando negativado?

Empréstimos para negativados: é possível fazer um empréstimo estando negativado?

07/03/2019 Off Por Alair Corrêa

“Você está negativado, precisando de dinheiro?” Com certeza você já ouviu essa propaganda em algum lugar, não é mesmo? Afinal, muita gente pode considerar estranho alguém aceitar conceder empréstimos para negativados.

No entanto, quem tem o famoso nome sujo na praça ou mesmo atrasava o pagamento da parcela pode fazer um empréstimo sim, não há nenhum mistério nisso. Somente as taxas podem ser maiores para os negativados.

Veja como é possível fazer um empréstimo mesmo que você esteja negativado. Acompanhe!

Empréstimos para negativados – qual o melhor?

Antes de pedir um empréstimo é preciso simular o crédito para saber se você vai conseguir arcar com os custos das parcelas. Para isso, é só entrar nos sites de bancos, como Itaú, Bradesco, Banco do Brasil (caso seja correntista) ou pelo Banco Central, totalmente online e aberto para todas as pessoas.

Tendo mais ou menos o valor total (não inclui as taxas de IOF no simulador online do Banco Central), é possível considerar algumas dessas opções de crédito:

Empréstimo consignado

Considerado uma das melhores opções de empréstimos para negativados, o consignado é a modalidade em que a instituição financeira desconta as parcelas todo mês diretamente da sua folha de pagamento.

É, portanto, uma garantia de que você vai pagar, além de facilitar os juros: costuma ter a menor taxa do mercado. É exclusivo para funcionários públicos, privados e para quem recebe benefícios do INSS.

Empréstimo pessoal

Outro que faz parte da lista de empréstimos para negativados é o crédito pessoal. O processo pode ser feito totalmente online e o dinheiro costuma entrar na conta em poucas horas.

É ótima opção para negativados porque não é preciso dar nada como garantia nem alienar bem, muito menos dizer para onde vai o dinheiro. Basta comprovar a renda e contratar.

Empréstimo com garantias

  • Garantia de veículo – quando você toma dinheiro emprestado, pode dar o veículo como garantia de pagamento das parcelas. As taxas são menores que o empréstimo pessoal, mas existe o risco de perder o carro, se as parcelas não forem quitadas;
  • Garantia de imóvel – a mesma coisa que o veículo, mas as taxas são maiores que o crédito pessoal. Há também o risco de perder, caso não haja quitação da dívida;
  • Penhor – nessa modalidade, você pode dar como garantia de empréstimos para negativados qualquer objeto de valor, como joias, por exemplo. As taxas não passam de 2% ao mês e não há análise de crédito. Mas assim como os dois anteriores, se não pagar, perde os objetos penhorados.

Cuidados em caso de empréstimos para negativados

Todo cuidado é pouco na hora de solicitar empréstimo. Na hora de contratar, presta atenção nas seguintes dicas:

  • Nunca faça depósito antecipado – se a empresa fizer esse tipo de solicitação, desista, porque é golpe. Outras desculpas que esses credores usam é: fiador, taxa de abertura de crédito, taxa de garantia e avalista;
  • Não deixe de verificar o CNPJ da empresa – antes de fechar o negócio, avalie se a empresa de crédito possui registro junto ao Banco Central.

Com todas essas possibilidades de empréstimos para negativados, qual deles considera melhor para a sua necessidade e orçamento? Analise taxas e escolha qual seria o melhor jeito de conseguir dinheiro sem se endividar ainda mais.

[Total: 0    Média: 0/5]