Ginástica para o cérebro: Descubra sua importância e algumas técnicas.

Ginástica para o cérebro: Descubra sua importância e algumas técnicas.

27/04/2020 Off Por André

Muitas vezes passamos por algumas situações que não sabemos como agir, portanto, temos que utilizar de estratégias para compreender e resolver tais situações.

Tanto no trabalho quanto na vida pessoal, estamos propensos a problemas que necessitam de um maior discernimento para suas resoluções. Às vezes não temos as técnicas necessárias para isso, e acabamos por deixar questões mal resolvidas.

Existem algumas práticas que podem ajudar na compreensão de estratégias na vida.

Aqui mostraremos alguns exemplos de algumas práticas, que vão lhe ajudar a desenvolver maiores conhecimento e técnicas para se aplicar no dia a dia.

  1. Encontre novas formas de se desafiar:

Comece desafiando-se a aprender algo novo. Pintar, tocar algum instrumento ou um novo idioma, por exemplo, vai estimular muito o seu cérebro;

  • Atividade física:

Os exercícios físicos feitos com frequência ajudam não apenas o corpo, mas também o cérebro. Ele funciona como músculo, cresce à medida que nos exercitamos. Também existe a questão cardiovascular, pois essa estando saudável significa que você está levando mais oxigênio para o cérebro;

  • Pratique jogos para o cérebro:

Jogos de tabuleiro são ótimos para fortalecer o cérebro, principalmente na era da tecnologia, onde os jogos eletrônicos tomaram conta deste espaço. Além de ajudar o desenvolvimento do cérebro, eles atuam na interação social, ter controle motor e concentração.

  • Alimente-se corretamente:

Existem alimentos que são bons para o funcionamento do cérebro. Os níveis de açúcar devem ser controlados, já que 20% do açúcar que se consome vão para o cérebro.

Além da nutrição, saiba que comer é importante para a liberação de alguns hormônios, como a dopamina, que é liberada ao comer algo que se gosta, por isso a sensação de prazer;

  • Ouça música:

A música estimula o cérebro, podendo melhorar a sua cognição geral. Quando afetados por certas condições, como a demência, por exemplo, a memória musical é a última a ser atingida;

  • Deixe a máquina de lado e utilize o cérebro:

Estamos acostumados a fazer nossas contas sempre em calculadoras. Porém, ao forçar o cérebro a fazer os cálculos, estamos ajudando em seu desenvolvimento;

  • Brinque e jogue:

A prática esportiva está aliada ao bom funcionamento cerebral, porém, os jogos de cartas são ótimos para o funcionamento da cabeça, pois exigem concentração, raciocínio, memória e planejamento. Comece a jogar poker, paciência, canastra, entre outros jogos de cartas que ajudam nessas estratégias;

  • Alterne a leitura:

A leitura de dois livros simultaneamente é ótima para o desenvolvimento cerebral. Estimula a memória e faz bem para o intelecto;

  • Troque as mãos:

Se você é destro, passe a utilizar mais a mão esquerda, e vice-versa. Comece colocando o relógio no braço oposto do habitual, depois tente escovar os dentes ou comer com a mão não dominante, e assim, vá se desafiando e desafiando o seu cérebro;

  1. Palavras-cruzadas:

Fazer palavras-cruzadas faz muito bem ao cérebro. Ajuda no seu desenvolvimento quando se busca a resposta na própria memória, além de ser um ótimo passatempo.

O cérebro está em constante desenvolvimento, porém, necessita de estímulos. As técnicas citadas acima servem para essa estimulação, assim como na resolução de alguns problemas cotidianos, pois seu cérebro estará acostumado a trabalhar de forma mais eficaz, ajudando-o, assim, a discernir sobre o que fazer em determinadas situações.

[Total: 0   Average: 0/5]