Inflação: a influência nos seus investimentos

Inflação: a influência nos seus investimentos

03/01/2019 Off Por Alair Corrêa

Entenda como a inflação pode influenciar nos seus investimentos

Muito se fala sobre a inflação, no entanto, pouco se fala ou entende e principalmente entre as pessoas que estão iniciando a sua atuação como investidores. Descubra nesse artigo, como a inflação pode influenciar seus investimentos.

Na maior parte dos casos, a inflação atua indiretamente nas diferentes modalidades de investimento podendo ser tanto na forma de renda fixa, como renda variável.

Portanto, para quem deseja ter os melhores retornos com os investimentos, precisa conhecer, entender e saber como a inflação pode ter tanta influência sobre os investimentos.  

Entenda o que é a inflação

Representada pelo aumento geral dos preços apresentados nos mais diferentes produtos e preços praticados no mercado, a inflação ocorre quando uma grande quantidade de serviços e bens fica mais caro em relação ao que foi apresentado dentro no período anterior.

Através do índice de Preços ao Consumir Amplo, conhecido como IPCA, é apresentado a porcentagem da inflação oficial do Brasil.

Utilizando os índices adequados para o monitoramento dos preços de bens e serviços, é possível obter essa medida, sabendo quanto o dinheiro poderá ser desvalorizado, além das altas ou quedas nos preços de produtos e serviços dos mais variados segmentos.  

Para auxiliar na medida e cálculo dos valores do IPCA, os setores do comércio, prestadores de serviços, domicílios (aluguel) e concessionárias de serviços públicos, são avaliados durante um determinado período e assim, conseguem apresentar os melhores resultados.  

Você sabe como a inflação é medida?

Existem alguns índices que são levados em conta, para auxiliar no monitoramento dos preços de bens e serviços, que geralmente são os mais relevantes para a população.

Para chegar a um índice correto, da inflação nacional são realizadas pesquisas em diferentes cidades como, por exemplo, São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba, Porto Alegre e outras, que irão auxiliar no processo de obtenção de conhecimentos e verificação do índice.  

Além das regiões, a faixa de renda, itens e períodos da pesquisa, também são pontos que deverão ser levados em conta durante a pesquisa.  

Os principais índices para apresentar a inflação em nosso país, são o IPCA e IGP-M.

O IPCA – índice Nacional de Preços ao consumidor Amplo, é utilizado pelo Banco Central, como o medidor oficial da inflação no país.

Já o IGP-M é o índice Geral de Preços – Mercado, calculado pela Fundação Getúlio Vargas.  

Como o IPCA afeta os investimentos

Nesse artigo foi possível perceber que a inflação possui grande importância na economia inclusive do nosso país.

Desse modo a inflação que é medida e apresentada através do IPCA, pode influenciar diretamente e indiretamente nas variadas opções de investimentos.

Além de influenciar nos investimentos, o próprio investidor brasileiro, pode tomar decisões diferentes principalmente quando consegue avaliar os riscos e a margem de retorno de um investimento, a partir do índice do IPCA.

No momento de avaliar quais são as melhores opções para iniciar ou avançar com um investimento, é preciso levar em conta além do índice IPCA:

  • Rendimento esperado;
  • Prazo;
  • Liquidez;
  • Valor mínimo de aplicação;
  • Risco.

Dentro desse último ponto de grande importância, o risco também poderá ser avaliado de acordo com o índice da inflação.  

É preciso avaliar a inflação, principalmente por que deverá ser descontado do valor investido e valor de retorno, a inflação.

Portanto ao escolher uma modalidade para investimento, é preciso avaliar qual delas terá uma rentabilidade ao menos superior, à inflação de um determinado período.

Existem alguns ativos que são afetados de modo positivo, a partir da alta do IPCA como, por exemplo, Tesouro Direto, Fundos de investimento de renda fixa e Letra de Crédito Imobiliário (LCI).

A principal influência da inflação é que ela consegue alterar diretamente o valor de compra, para o consumidor. Já o investidor pode ter as suas economias corroídas o que pode acontecer especialmente, quando você tem valores investidos na poupança, o que irá trazer baixa rentabilidade.  

Conheça a Pro Educacional, referência em cursos como o CNPI.

[Total: 0    Média: 0/5]