O que é Marketing Pessoal

O que é Marketing Pessoal

13/07/2019 Off Por Alair Corrêa

Marketing pessoal é uma estratégia composta por ações cujo objetivo é qualificar a imagem de um profissional e seus serviços no mercado de trabalho.

Não se resume apenas a preocupar-se com a aparência, mas também com a sua postura, comportamentos e networking.

O marketing pessoal é praticado a cada vez que você consegue utilizar suas habilidades e qualificações para se diferenciar e alavancar sua carreira, deixando a sua própria marca.

O segredo é se fazer notar.

Pouco adianta você ser um ótimo profissional, com habilidades valorizadas no mercado, se ninguém vê isso.

Nesse bolo, estão os gestores da sua empresa, a concorrência e o público em geral, que são os seus potenciais clientes.

Essa é uma justificativa para fazer marketing, mas não de qualquer forma, muito menos sem planejamento.

Saber se vender não é, de maneira alguma, sinônimo de culto ao ego ou simples vaidade pessoal.

Estamos falando sobre uma maneira de destacar positivamente as suas habilidades, entregando valor às pessoas e fazendo com que elas tenham uma excelente impressão sobre você e sobre aquilo que oferece.

Alguns profissionais, é bem verdade, sabem fazer o seu marketing pessoal de maneira muito natural, como parte da personalidade.

Mesmo nesses casos, é possível lapidar esse talento e aprimorar ainda mais tais características.

Mas também não se preocupe se você é do tipo que nunca leva o crédito por aquilo que criou.

Trata-se de uma competência que pode ser desenvolvida e aprimorada.

Para isso, basta querer.

pessoas

14 passos básicos para melhorar o seu marketing pessoal

Vamos passar aqui para você que nunca fez ou quer aprimorar o seu marketing, 14 passos básicos que as pessoas utilizam em seu marketing:

1 – Pontualidade

A pontualidade tem um valor moral. Quando você marca um compromisso e chega atrasado significa que você não tem respeito ao tempo alheio e não se importa com seu próprio tempo.

2 – Aparência

Se você for participar de uma reunião com empresários importantes. Esteja vestido à altura, evite o uso de gírias, por exemplo.

Não da para se vestir e agir igual em todos os lugares.

3 – Seja natural

A naturalidade ajuda a construir a credibilidade profissional e é um ponto fundamental no marketing pessoal.

Exemplo, se você é uma pessoa descontraída e divertida, mantenha essas características. Claro, sem exageros e sempre fazendo uso do bom senso.

4 – Seus problemas, são seus problemas

Entenda que as pessoas não tem nada a ver com seus problemas. Portanto, não exale mal humor no ambiente profissional.

Não se trata de ser hipócrita. É não estar bem em algumas situações, mas evite transparecer isso para as pessoas.

5 – Saia da zona de conforto

É comum ficar na zona de conforto após um tempo. No entanto, se acomodar é acabar bloqueando seu desenvolvimento e crescimento como empreendedor.

6 – Seja criativo

Pessoas que chegaram ao êxito pessoal e profissional usaram a criatividade para pensar em um negócio que não existia, para inovar e para criar soluções

Estimular sua criatividade, você se sente motivado e fica mais produtivo, o que irá refletir fortemente na sua imagem diante das pessoas.

7 – Seja agradável

Para se destacar nesse universo, é preciso cultivar uma personalidade agradável. E isso significa ser uma figura atraente, simpática e bem apresentada.

Ao se esforçar para ser educado, gentil, lisonjeiro, você conseguirá gerar uma boa visão sobre você nas pessoas.

8 – Autoconfiança

As pessoas de sucesso costumam demonstrar grande confiança em seus próprios potenciais.

A autoconfiança é essencial para quem deseja empreender alguma coisa e é algo que não pode faltar na receita de marketing pessoal.

9 – Iniciativa

Outro agente na receita de um bom marketing pessoal é ter um perfil de líder e não de seguidor.

O que você precisa é ter iniciativa para assumir o controle de sua própria vida.

10 – Autoconhecimento

Reconheça suas falhas, limites e pontos fortes. Quanto melhor você for como ser humano, melhor profissional empreendedor será.

Conhecer bem a sí mesmo é um requisito para saber lidar com os outros e um caminho para definir bem seus objetivos e pensar com exatidão.

[Total: 0    Média: 0/5]