Morar no Porto – Custo de vida, lazer, educação, saúde e tudo que você precisa saber

Morar no Porto – Custo de vida, lazer, educação, saúde e tudo que você precisa saber

24/02/2021 Off Por Alair Corrêa

A segunda maior cidade de Portugal é uma das mais lindas da Europa e já foi considerada o melhor destino europeu por diversas vezes.

Morar aqui parece um sonho, é possível estar perto da cidade, da natureza e de uma série de praias, sem precisar falar nenhum outro idioma para isso.

O Porto foi escolhido por milhares de brasileiros que desejam uma vida nova no país, seja para estudo ou para trabalho.

Mas antes de decidir que o Porto será sua próxima cidade é preciso conhecer com detalhes diversos aspectos, como custo de vida, lazer, educação e afins e por isso preparamos esse artigo para você.

Porto – Portugal

A segunda maior cidade de Portugal conta com cerca de 237 mil habitantes e com outras cidades que fazem divisa, tornando a população que trabalha e vai diariamente para o Porto ainda maior.

O Porto fica ao Norte de Portugal, sendo uma excelente opção para se morar em Portugal. O clima é bastante diferente do Brasil, bastante vento e maior probabilidade de chuva, mas que ainda sim, não deixa de ser linda e ter alguns bons dias de sol e calor durante o ano.

Custo de vida – 2021 atualizado

O custo de vida para se morar no Porto é alto, contudo, os salários costumam ser um pouco maiores do que cidades como Braga, Aveiro e Coimbra, mas ainda sim, o salário é menor do que em Lisboa.

Os preços dos aluguéis de imóveis subiram de forma assustadora nos últimos anos, sendo motivo de reclamação até dos próprios moradores.

Com a pandemia a bolha imobiliária tem estourado, sendo uma época boa para quem deseja alugar ou mesmo comprar imóvel no Porto, principalmente, para quem possui  cidadania portuguesa.

Listamos alguns valores, lembrando que essa é a média, com pesquisas e a depender das especificações você consegue achar preços menores e também maiores.

– Apartamento de 1 quarto: 500 euros mensais;

– Apartamento de 2 quartos: 650 euros mensais;

– Apartamento de 3 quartos: 850 euros mensais;

– Apartamento de 1 quarto para compra: 145 mil euros;

– Apartamento de 2 quartos para compra: 205 mil euros;

– Apartamento de 3 quartos para compra: 390 mil euros.

Há duas opções para economizar no aluguel morando no Porto:

– A primeira é alugando um quarto em uma casa compartilhada, por um média de 250 euros mensais;

– A segunda opção é morando em um local mais afastado.

Muitas pessoas trabalham e estudam no Porto, mas moram em regiões como:

– Vila Nova de Gaia – 8 km;

– Matosinhos – 10 km;

– Gondomar – 8 km;

– Rio Tinto – 6km;

– Maia – 9 km;

– Valongo – 16 km;

– Espinho – 21 km;

– Trofa – 25 km;

– Guimarães – 55 km.

Outros custos

– Luz, água e gás – cerca de 150 euros duas pessoas;

– Supermercado – 200 euros duas pessoas;

– Academia – 25 euros;

– Telefone e internet – 45 euros;

– Transporte público – Valor unitário a partir de 1,20 a 2 euros e valor mensal 30 a 40 euros a depender dos locais que vai utilizar.

Lazer

O legal do Porto é que um simples passeio ao ar livre já é uma forma de lazer, o local conta com igrejas, miradouros, praias, jardins e parques.

Há também diversas peças de teatros e shows, com preços de 5 a 30 euros. O cinema custa 7 euros.

É uma cidade cheia de bares com entradas gratuitas e baladas a partir de 3 euros a entrada.

Além disso, do aeroporto do Porto é possível viajar para diversas cidades europeias.

Por exemplo, há passagens do Porto para Barcelona por 25 euros ida e volta.

Para finalizar, o Porto conta com diversos restaurantes e por uma média de 30 euros duas pessoas comem em um local bem legal e conceituado na cidade, com a sobremesa inclusa.

Educação

O Porto conta com diversos colégios privados e escolas públicas.

Brasileiros que imigram ao país geralmente optam por escolas públicas pela boa qualidade.

Quanto a universidade, há muitas opções também públicas e privadas para escolher, como por exemplo:

Universidade do Porto;

– Universidade Fernando Pessoa;

– Universidade Católica Portuguesa;

– Universidade Portucalense;

– Universidade Lusíada;

– Universidade Lusófona.

Além de diversos institutos técnicos.

Saúde

O Porto conta com hospitais de referência em todo país, como é o caso do Hospital São João e Hospital Santo Antônio, que são públicos.

Brasileiros podem ser atendidos através do documento PB4.

Contudo, o sistema de saúde está bem sobrecarregado com a imigração dos últimos anos e consultas em especialidades podem demorar meses e há cirurgias e procedimentos que demoram anos para a pessoa ser chamada.

Um seguro saúde começa com mensalidades a partir de 10 euros e tem sido uma opção para quem utiliza mais desse tipo de serviço.

Você imaginava todas essas informações sobre o custo de vida no Porto? Deixe pra gente nos comentários.