O QUE É WI-FI E COMO FUNCIONA?

O QUE É WI-FI E COMO FUNCIONA?

05/02/2021 Off Por Alair Corrêa

Não raro nos deparamos com inúmeras pessoas em ambientes como restaurantes, bibliotecas, aeroportos, conectados à internet em seus notebooks e demais eletrônicos, por meio do wi-fi.

A possibilidade de se conectar à internet sem a necessidade do uso de cabos, proporciona grande comodidade e praticidade aos usuários.

Visto que o acesso acontece da mesma maneira que pela televisão ou celulares, ou seja, pelas ondas de rádio.

Fique conosco e saiba mais sobre o funcionamento do wi-fi que você utiliza, seja em casa, no trabalho, ou em locais públicos.

Entenda o wi-fi

Por oferecer ao usuário a chance de estar conectado à internet em qualquer lugar, o wi-fi tem ganhado cada vez mais popularidade.

Conhecida como Wireless Fidelity, ou ainda como padrão de rede 802,11, a principal vantagem desse tipo de conexão é sua compatibilidade com praticamente todos os sistemas operacionais, impressoras e até dispositivos de jogos.

Muitas vezes, você esquece o seu wifi ligado, quando derrepente começam a chegar as mensagens, notificações do facebook,  ai já vem a pergunta “ como saber a senha do Wifi que estou conectado” , quando conectado sozinho em seu aparelho, quer dizer que não é necessário uso de senha para utilizar, provavelmente algum estabelecimento próximo liberou acesso gratuito.

A transmissão de informações no wi-fi acontece do mesmo modo que nos celulares, pelas ondas de rádio, como já foi dito.

Para isso, é necessário que o computador tenha um adaptador de redes sem fio que será responsável por traduzir os dados enviados para o sinal de rádio.

Em seguida, este sinal é enviado, por meio de uma antena, para um decodificador, que é o roteador.

Assim que esses dados são descriptografados, são enviados para a Internet pela conexão Ethernet com fio.

O funcionamento desse tipo de rede se dá pelo tráfego bidirecional, ou seja, as informações recebidas da internet devem ser repassadas ao roteador para serem codificadas em um sinal de rádio.

De tal forma que, será recebido pelo adaptador sem fio do computador.

Principais frequências do wi-fi

As frequências 2,4 GHz ou 5 GHz são as opções que melhor acomodam a quantidade de dados enviados pelo usuário que faz uso do wi-fi.

A variação dos padrões de rede 802.11, dependem basicamente das necessidades de cada usuário, conforme você pode verificar abaixo:  

802.11a:  o nível de transmissão de dados alcançado é de 5 GHz. O OFDM (Orthogonal Frequency Division Multiplexing) utilizado, otimiza a recepção.

Dividindo os sinais de rádio  antes que cheguem ao roteador. Desse modo, é possível transmitir até 54 megabits de dados por segundo;

802.11b: a frequência nesse caso é de  2,4 GHz, por isso, possui uma  velocidade relativamente baixa.

Logo, o máximo de dados que conseguirá transmitir por segundo serão 11 megabits.

802.11g: a transmissão de  dados em 2,4 GHz é certa, contudo, como utiliza a codificação OFDM, consegue  transmitir até 54 megabits de dados por segundo.

802.11n: mais avançado que as demais versões, transmite até  140 megabits de dados por segundo, em um nível de frequência de 5 GHz.

Hotspot

A definição da área em que o wi-fi está disponível recebe o nome de hotspot. Essa área pode abranger um circuito fechado em casa, como também em locais públicos como aeroportos, restaurantes e lojas.

Para ter acesso a um hotspot, é necessário que o computador ou notebook tenha um adaptador sem fio.

Normalmente, os modelos mais recentes já contam com esse recurso de fábrica, porém, se esse não for o seu caso, é possível adquirir um adaptador sem fio que se conecte ao slot PCI ou a uma porta USB.

Feito isso, os hotspots serão detectados automaticamente, possibilitando a chance de solicitar a conexão do wi-fi. 

Conclusão

Certamente, o wi-fi tem contribuído bastante para que os usuários possam realizar seus afazeres na internet em qualquer lugar que estejam.

Seja por meio de uma rede doméstica, em que todos os moradores de uma casa podem estar conectados em seus smartphones, tablets e notebooks.

No ambiente empresarial, facilitando o trabalho diário dos colaboradores e finalmente em locais públicos, oferecendo maior conforto aos usuários enquanto esperam, em aeroportos, por exemplo.

[Total: 1   Average: 5/5]