Dicas para decoração com  cores contrastantes

Dicas para decoração com cores contrastantes

25/04/2019 Off Por Alair Corrêa

Para decorar a casa é preciso personalidade na hora de decidir as cores

Depois de escolher uma das casas para vender em Florianópolis, é hora de pegar as chaves e começar a decoração do seu novo lar. A personalidade dos moradores é expressada em todos os cômodos através dos móveis, detalhes e das cores que são utilizadas nas paredes.

Como definir quais as cores que mais se enquadram no seu perfil? Claro que escolher tons claros, neutros, pastéis, pode ser menos complicado e trazer mais praticidade para as decisões. Mas será que isso te agradará todos os dias ao caminhar pelos ambientes da sua casa?

O que é preciso levar em consideração na hora de devir as cores é a harmonia. Tudo precisa combinar, se reinventar e criar sobressaltos dentro de uma decoração. Não é preciso tanta ousadia, basta bom gosto e algumas dicas para te ajudar a definir o caminho. Está preparado? Vamos mostrar como essa missão de contrastar cores pode não ser tão complicada assim.

Como as cores interagem

Não importa se o seu apartamento 3 quartos ou uma kitnet na praia, o bom gosto deve ser a chave para as suas decisões.

Primeiro é importante entender como as cores interagem entre elas. Procure exemplos de ciclos cromáticos que te permite verificar uma palheta com 12 cores em três tons diferentes. Confira como você pode montar uma dessas palhetas:

  • Cores primárias – vermelho, amarelo e azul
  • Cores secundárias – verde, laranja e roxo
  • Outras cores – faça combinações com essas cores que te agradam.

Para criar sua própria palheta, use cores que te agradam os olhos, que estejam intermediárias as básicas primárias e secundárias. Por exemplo, existem diversas tonalidades de azul, verde e vermelho, faça as combinações que mais te agradam.

As cores costumam ser classificadas como frias e quentes, e isso é uma dica muito importante que você deve considerar na hora de decidir as cores.

Tons quentes e frios devem ser misturados

As cores quentes são aquelas que são mais vivas aos nossos olhos. As básicas com tons amarelados, avermelhados e alaranjados, trazem calor para o ambiente, por isso estão na palheta de tons quentes.

Os tons frios são aquelas que se apagam um pouco mais aos nossos olhares. As cores azul, roxo, tonalidades de verde. Essas cores remetem mais frieza e tranquilidade ao ambiente.

Para criar um ambiente harmonizo é preciso fazer uma combinação entre as duas palhetas de cores, que trazem uma sensação de bem-estar maior para os cômodos da sua casa.

Se a ideia é criar um ambiente mais aconchegante e intimista a ideia é usar cores quentes dominantes e nos detalhes, usar algumas cores frias.

Pense no ambiente e nas cores

Cada estilo de construção tem a tendência de ficar melhor com uma combinação de cores. Por exemplo, alguns condomínios usam cores fortes, quentes e com com bastante intensidade para espaços como a brinquedoteca das crianças. Isso remete mais energia e atividade para os pequenos, faz todo sentido e as filhos adoram.

Já na academia, por exemplo, as cores frias são uma opção mais interessante, justamente para trazer mais serenidade para as pessoas que estão determinadas e dispostas a praticar uma série de atividades físicas.

Se você estiver planejando uma decoração com cores contrastantes para dentro de casa, e os ambientes da sua casa forem abertos, compartilhados, prefira a troca de cores para definir cada espaço separadamente.

A utilização de diversas tonalidades cria alguns choques no espaço que definem os ambientes da casa e causam uma sensação agradável tanto para que mora nesse local, quanto para os visitantes esporádicos.

Você não precisa de ousadia para mudar

Não pense que contrastar cores é sair pintando um cômodo de cada cor, e todos eles com tonalidades muito fortes, que correm o risco de cansar quem mora no local.

Transforme seu ambiente, pinte as paredes com cores te agradam, mas que também possam contemplar os móveis que você quer.

Por exemplo, use um sofá de cor neutra, mas sobre ele coloque diversas almofadas com cores intensas que façam contraste com a neutralidade do móvel. Use as flores em vasos para complementar o ambiente, não precisam ser grandes vasos, mas decorações que marquem bem o espaço que estão inseridas.

muitas cores

Pense na sua casa como um todo

Você não precisa restringir os espaços que irá ousar nas cores. Toda sua casa pode ser o palco para sua imaginação. Não use somente a sala ou o quarto das crianças como um experimento. Defina sua casa como um todo. Se as cores contrastantes serão a base da sua decoração, deixe que todos os ambientes façam parte dessa experiência viva.

Você pode usar tons neutros na parede da sua cozinha, por exemplo, mas optar pelos armários e eletrodomésticos no estilo vintage, com cores de tons vermelhos ou azuis intensos.

A base neutra serve como um descanso e uma suavidade para o choque de cores que os móveis estão trazendo ao ambiente. As cores ajudam os nossos sentimentos. Por isso, as cores quentes tendem a melhorar nosso humor, já a palheta de tons frios, tendem a deixar mais baixo astral, menos alegres.

Jogue com as cores, não se prenda no preto ou branco, use a sua inspiração para marcar seu lar com a sua personalidade. Intensidade, alegria e leveza devem caminhar juntos pelos ambientes da sua casa, e só você será capaz de imprimir um estilo pelas paredes e móveis a fora.

Se você está cansado da tranquilidade e o clima de estar sempre na mesma com as cores e a falta de personalidade das paredes da sua casa, escolha uma palheta de cores que te agrada e começa já as mudanças.

A melhor coisa de pintar as paredes é saber que um novo banho de tinta pode mudar tudo e trazer novos sentidos aos traços que você busca imprimir do ambiente que você vive.

Gostou deste post sobre como decorar sua casa com cores contrastantes? Então aproveite e compartilhe esta ideia com os seus amigos através das suas redes sociais.

[Total: 0    Média: 0/5]